PUBLICIDADE

Urnas eletrônicas começam a ser entregues aos presidentes de mesa

Leonardo Cabral em 11 de Novembro de 2020

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Pela primeira vez como presidente de mesa, Jucele diz que é grande a expectativa para o dia da votação

A 50ª Zona Eleitoral começou nesta quarta-feira, 11 de novembro, a entregar as urnas eletrônicas os materiais de votação aos presidentes das mesas receptoras de votos. Só hoje, serão 46 urnas entregues, que correspondem ao município de Ladário.

Pela primeira vez como presidente de mesa e também a primeira a receber o material de votação, Jucele Ferreira Carvalho, que é professora, disse que o momento é de expectativa para o dia do pleito.

"Trabalho há cerca de oito anos como mesária e essa é a primeira vez como presidente de mesa. Pretendo levar a experiência desses anos para o dia da votação, no domingo. É importante o momento em que estamos transcorrendo da pandemia, mas vamos nos sair bem”, falou Jucele que é presidente na seção 114, em Ladário, que fica na Escola Estadual 02 de Setembro.

Com um pouco mais de experiência, a também professora, Aparecida Ramona Tamas, disse que terá um desafio a mais.

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Aparecida tem 30 anos de experiência nas eleições

“Soube que em minha seção há um deficiente auditivo, por isso, vou procurar saber, lendo mais, como auxiliá-lo no dia. Já são mais de 30 anos trabalhando nas Eleições, que enfrentam um momento diferente, pela pandemia do novo coronavírus, que nos faz adaptar aos cuidados de prevenção”, disse Aparecida.

Entre os materiais de votação, os presidentes de mesa receberam produtos de higienização. Em uma sacola plástica lacrada, foram entregues álcool em gel, lenço umedecido, máscaras, copos descartáveis, fones de ouvido, entre outros. As urnas eletrônicas também foram entregues lacradas, porém, antes de seguir com os presidentes de mesas, elas foram ligadas e testadas.

A chefe do cartório da 50ª Zona Eleitoral, Eduarda de Sá Lucena, disse que o momento vivenciado é desafiador. "Tivemos limitações, como a mão de obra para ajudar na logística da eleição. Agora estamos com o processo de entrega das urnas. Fizemos treinamento dos mesários, estamos seguros que eles vão cuidar bem das urnas. Eles ficam responsáveis por elas, que já são entregues preparadas, ou seja, já inseminadas com todos os dados e aguardam para receber o voto dos eleitores no domingo”, explicou Eduarda ao Diário Corumbaense.

Ela ainda ressalta que hoje ocorre apenas a entrega das urnas da 50° ZE, que corresponde ao município vizinho, Ladário.  “Já nesta quinta (12), sexta (13) serão entregues as de Corumbá. A partir de hoje começamos a montagem das seções também, o cartório já deixa preparado o local das cabines de votação, com cartazes de informação. No dia da votação, o mesário, principalmente o presidente da seção tem que estar às 06h para instalar a urna”, reforça a chefe do cartório da 50ª Zona Eleitoral que comporta 81 urnas de Corumbá e 46 urnas de Ladário, sendo dessas, duas seções na zona rural de Corumbá, no distrito de Albuquerque e assentamento Mato Grande.

Mudanças de seções

Eduarda de Sá informou que houve alterações de locais de votação na 50ª Zona Eleitoral. Uma na área urbana de Corumbá, uma na zona rural e duas em Ladário.

Em Ladário, as mudanças acontecem nas seções da Escola Professor João Baptista, que não funcionará, sendo elas, transferidas para a Escola Municipal Francisco Mendes Sampaio.

Outra mudança na cidade vizinha, que segundo a chefe de cartório, ocorreu para evitar aglomeração, foi o desmembramento das seções da Escola Municipal Farol do Norte. Três foram transferidas para a Escola Municipal 17 de Março (132, 137 e 159). Apenas duas seguem funcionando na Farol do Norte.

Já em Corumbá, a mudança acontece na seção que era instalada no Campus Pantanal da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, que no domingo (15) funcionará no Campus II da Universidade.

Na zona rural, a seção que era do assentamento São Gabriel, será transferida para o assentamento Mato Grande, com local de votação na Escola Municipal Rural Carlos Cárcano.

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Eduarda Lucena ressaltou as Eleições como momento desafiador e informou mudanças nas seções de votação

“Para esse local de votação, teremos comissão de transporte de eleitores, com horários de 07h, 09h, 13h, e 14h, que os levarão até o local de votação e também farão o translado de volta deles”, explicou Eduarda.

Nos dias 12 a 14 de novembro, das 08h às 19 horas, também na sede do cartório, as urnas eletrônicas, bem como os materiais de votação, da 7ª Zona Eleitoral, serão entregues aos presidentes das mesas receptoras de votos. 

Corumbá tem 70.238 eleitores aptos a votar. A 7ª Zona Eleitoral tem 45.563 eleitores e a 50ª Zona, 24.675 votantes. É a quarta cidade de MS com maior número de eleitores.

A votação do primeiro e segundo turnos, para cidades com mais de 200 mil eleitores é nos dias 15 e 29 de novembro. Em Mato Grosso do Sul, apenas Campo Grande pode ter segundo turno.

PUBLICIDADE