PUBLICIDADE

Com chegada das chuvas, notificações de dengue começam a aumentar

Da Redação com assessoria da PMC em 08 de Janeiro de 2020

Divulgação/PMC

Reunião dos membros da Sala de Situação nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira (08), técnicos da Secretaria de Saúde se reuniram na “Sala de Situação” para discutir medidas de combate ao Aedes aegypti. Na primeira semana de 2020, que compreende o período de 30 de dezembro a 04 de janeiro, foram realizadas 52 notificações. Segundo o último Boletim Epidemiológico de 2019, divulgado pelo Governo do Estado, Corumbá está em 56º lugar de 79 Municípios em casos de notificação.

A Coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mariângela Capurro alertou que este é um momento de aumento de casos. “Já era esperado um aumento dos casos devido ao período chuvoso, mas as notificações estão sendo muito expressivas, corremos o risco de passar por um surto”, afirmou.

“Precisamos mais do que nunca do apoio da população na conservação da limpeza e higiene do seu quintal e do seu bairro, não deixando entulho ou reservatório que acumule água, estes são os principais locais onde encontramos os vetores”, completou Mariângela.

A Sala de situação é uma importante ferramenta que disponibiliza informações para subsidiar a tomada de decisão em relação a questões ligadas à saúde pública, neste caso específico o combate ao vetor Aedes aegypti.

A Secretaria de Saúde de Corumbá disponibiliza telefones para moradores denunciarem locais com possíveis foco. O anonimato é garantido. Os números são: 0800 647 2255 / 0800 647 2109 / 3233-2783.

As principais medidas de prevenção e combate ao Aedes Aegypti são:

  • Manter bem tampados tonéis, caixas e barris de água;
  • Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar água;
  • Manter caixas d’agua bem fechadas;
  • Remover galhos e folhas de calhas;
  • Não deixar água acumulada sobre a laje;
  • Encher pratinhos de vasos com areia ate a borda ou lavá-los uma vez por semana;
  • Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
  • Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
  • Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
  • Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
  • Acondicionar pneus em locais cobertos;
  • Fazer sempre manutenção de piscinas;
  • Tampar ralos;
  • Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
  • Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
  • Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;
  • Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;
  • Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;
  • Catar sacos plásticos e lixo do quintal.
PUBLICIDADE