PUBLICIDADE

Diário Oficial traz exoneração do 1° escalão da Prefeitura de Corumbá

Rosana Nunes em 30 de Dezembro de 2020

Arquivo/PMC

Reeleito, Iunes será empossado para segundo mandato na sexta-feira

A edição do DIOCORUMBÁ desta quarta-feira, 30 de dezembro, trouxe as exonerações de "todos os servidores que titularizem cargos de provimento em comissão de qualquer espécie na estrutura da administração direta do Poder Executivo Municipal".

Assinada hoje pelo prefeito Marcelo Iunes, a portaria entrou em vigor nesta quarta, mas gera efeitos somente a partir de 1° de janeiro de 2021 - quando começa o novo mandato do Executivo Municipal.

Na prática, as exonerações dissolvem todo o primeiro escalão desta gestão da Administração Municipal, que teve início em 1° de novembro de 2017, após morte do então prefeito Ruiter Cunha de Oliveira e posse do vice, Marcelo Iunes, no cargo de prefeito.

Além do ato do prefeito, o Diário Oficial de Corumbá trouxe exonerações - de servidores comissionados - publicadas em portarias específicas da Agência Municipal Portuária; Agência Municipal de Trânsito e Transportes; Fundação de Esportes de Corumbá; Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá; Fundação de Turismo do Pantanal e Fundação de Meio Ambiente do Pantanal.

Exonerações em novembro

Em 30 de novembro deste ano, o chefe do Executivo Municipal já havia exonerado 300 servidores que ocupavam cargos comissionados na Prefeitura de Corumbá. Naquela oportunidade foram dispensados servidores lotados na Governadoria Municipal; Secretaria Municipal de Governo; Secretaria Municipal de Educação; Secretaria Municipal de Saúde; Secretaria Municipal de Finanças e Gestão; Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentável; Secretaria Municipal de Segurança Pública; Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos; Fundação de Esportes de Corumbá; Agência Municipal Portuária; Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat); Fundação de Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá; Fundação de Turismo do Pantanal e da Fundação do Meio Ambiente do Pantanal. 

Um dia depois, em 1º de dezembro, foram publicadas mais 14 exonerações: duas na Secretaria de Governo; 11 na Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos e uma na Fundação de Esportes. Todos receberam o 13º salário e o acerto a que tinham direito. 

Na época, o prefeito Marcelo Iunes disse que "a maioria deve retornar assim que seja necessário, pois realizam atividades fundamentais para o bom funcionamento da máquina pública”. 

Iunes e o vice, Dirceu Miguéis, vão ser empossados no dia 1º de janeiro para o mandato 2021/2024, às 18h, na Câmara Municipal. Depois, no Centro de Convenções, em ato restrito, o prefeito empossa a equipe de governo.

PUBLICIDADE