PUBLICIDADE

Força-tarefa combate fogo que ameaçava casas de moradores de Porto Esperança

Leonardo Cabral em 05 de Outubro de 2020

Divulgação/3ºGBM

Moradores de Porto Esperança ficaram assustados com a proximidade do fogo

O final de semana foi de muito trabalho para os bombeiros de Mato Grosso do Sul, Paraná e brigadistas do Prevfogo, que estão na linha de frente do combate aos incêndios florestais no Pantanal, em  Corumbá. No sábado (03), moradores da região de Porto Esperança, pediram socorro, pois as chamas estavam chegando próximo às residências.

Nessa região, distante 180 km do perímetro urbano de Corumbá, o atendimento ocorreu após uma moradora conseguir contato com o Corpo de Bombeiros Militar, via aplicativo WhatsApp, já que o sinal de comunicação de telefonia fixa e móvel estava prejudicado na localidade. Por meio de um vídeo e de mensagem de aplicativo, a moradora relatou que as chamas chegavam ao fundo de seu quintal. 

Divulgação/3ºGBM

Monitoramento segue na região de Porto Esperança

Com a chegada dos militares, o incêndio foi controlado. Foram aproximadamente vinte horas de combate ao fogo. Durante os trabalhos, os militares tiveram apoio da comunidade local, que auxiliaram na formação de medidas de proteção como aceiros, para que os imóveis permaneçam longe do alcance das chamas. A área permanece sob monitoramento dos brigadistas do Ibama.

A brigada de incêndio da mineradora Vale, que atua na região e bombeiro civil contratado pela empresa, auxiliaram nos combates e aeronaves air tractor, que despejam água sobre os focos, deram apoio também,

Fogo em rodovias

Divulgação/Bombeiros

Combate ao fogo na região do Passo do Lontra

O combate e monitoramento aos focos de incêndio seguem em vegetações às margens das rodovias que permeiam os municípios de Corumbá e Ladário, e estradas vicinais BR-262, MS-359 (estrada que dá acesso a Baía Negra), MS-228 (Estrada Parque - Curva do Leque) MS-184 (Passo do Lontra), MS-432, MS-454, MS-195, MS-325 e MS-243 são importantes rotas de escoamento da produção agropecuária e segmentos ligados ao turismo. Nesses locais, os deslocamentos são realizados com caminhões pipa e bombeiros militares que estão fazendo frente aos focos de incêndio.

Mais reforço

Militares do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina já estão em Corumbá. Eles se juntaram nesta segunda-feira às equipes que estão em campo combatendo os focos de calor.

PUBLICIDADE