PUBLICIDADE

Depois de carro, motocicleta também foi apreendida por poluição sonora

Rosana Nunes em 02 de Junho de 2019

Não é de hoje que moradores de Corumbá reclamam de motocicletas, utilizando escapamentos com características alteradas e provocando ruídos potentes acima dos limites permitidos por Lei, circulando pelas ruas da cidade.

Divulgação/PMA

Moto foi modificada para fazer mais ruído

Na noite de sábado (1º), a Operação Ariranha, que  policiais militares do 6º Batalhão, BOPE, Tático Agência Municipal de Trânsito e policiais militares ambientais, abordaram às 23h30, uma motocicleta Honda CB 300.

O condutor havia passado o sinal vermelho e, além de não ter habilitação, ainda mudou as características do veículo, ao retirar o silencioso do escapamento e alterá-lo, para produzir mais ruído.

A PMA mediu com um decibelímetro a pressão de som emitida pelo veículo, que registrou a média de 104,8 decibéis, enquanto o limite na legislação para o veículo original é de 80 decibéis.

Além de cinco multas de trânsito aplicadas pela Agetrat, o infrator, morador em Corumbá, teve a moto apreendida e foi multado em 5 mil reais pela PMA por poluição sonora. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a quatro anos de reclusão.

Na mesma noite, um carro com som em alto volume também foi apreendido depois que moradores fizeram denúncias. 


PUBLICIDADE