PUBLICIDADE

Aeronave da FAB faz translado dos corpos de quatro vítimas de naufrágio para Rio Verde de Goiás

Leonardo Cabral em 17 de Outubro de 2021

Diário Corumbaense

Aeronave da FAB decolou por volta das 08h30, deste domingo

Os corpos de quatro vítimas do naufrágio do barco Carcará, moradores de Rio Verde de Goiás, seguiram para a cidade goiana neste domingo, 17 de outubro, em aeronave Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB).

São os irmãos Geraldo Alves de Souza, de 78 anos, e Olímpio Alves de Souza, de 71; Fernando Gomes de Oliveira, de 49 anos e o filho dele, Thiago Souza Gomes, de 18 anos. O avião decolou por volta das 08h30, conforme apurou o Diário Corumbaense.

Já os outros dois mortos no acidente, que são de Corumbá, Vitor Celestino Francelino, de 64 anos, comandante da embarcação por cerca de 20 anos, e Mauro Rodrigues Canavarro, de 49 anos, auxiliar de convés, serão sepultados neste domingo (17). 

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Previsão de chegada ao destino é por volta das 10h30

O Corpo de Bombeiros e a Marinha fazem buscas por Fernando Rodrigues Leão, de 44 anos, que também veio pescar com o grupo. Há a suspeita que ele possa estar preso na embarcação.

O naufrágio

O barco de esporte e recreio naufragou a cerca de 5 quilômetros da área urbana de Corumbá, com a chuva e ventos de até 64 km/h na tarde de sexta-feira (15).

21 pessoas estavam no barco, quatorze foram resgatadas pouco depois do acidente e os seis corpos  foram encontrados entre sexta e sábado (16).   

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Sobreviventes do acidente, na tarde de sexta-feira

Em depoimento à Polícia Civil, um dos sobreviventes disse que o grupo fazia churrasco quando veio o temporal, surpreendendo todos. 

O barco naufragou, ficando de ponta cabeça, onde a profundidade, devido à seca do rio, é de aproximadamente 4 metros. Os sobreviventes conseguiram flutuar e se abrigaram no casco da embarcação até o socorro chegar.

O Carcará pertence a uma associação chamada "Amigos do Rio", boa parte deles, moradores da cidade de Rio Verde de Goiás.

Comentários:

Luiz Gorodetcki: Muito triste ver essa notícia!!!SOU DE SÃO PAULI/ SP!!!

PUBLICIDADE