Liesco decide por permanência de Grupo Único no Carnaval 2021

Rosana Nunes em 18 de Fevereiro de 2020

A Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá) vai manter Grupo Único no Carnaval 2021. Anteriormente, a Liga havia decidido o retorno dos Grupos Especial e de Acesso.


Mas, durante reunião na segunda-feira (17), a entidade e os presidentes das escolas de samba filiadas optaram pela continuidade do Grupo Único, por causa do aumento do grau de competitividade entre as escolas de samba tradicionais e as mais novas, além da grande adesão do público aos dois dias de desfiles.


Porém, a Liesco anunciou que vai implantar o sistema de cotas diferenciadas (como acontece em outras cidades, como o Rio de Janeiro) para os recursos obtidos através de convênios com a Prefeitura e do Governo do Estado. Vão ser três faixas, a maior para as escolas que conquistarem as 1ª, 2ª e 3ª colocações; a faixa intermediária, para as escolas que ficarem em 4º, 5º e 6º lugares e a faixa menor para as escolas que ficarem nas 7ª, 8ª e 9ª colocações. No caso do retorno da Caprichosos de Corumbá, que está licenciada este ano, a escola ficará com o recurso da faixa menor.


O sorteio para os desfiles de 2021 também terá mudanças. As agremiações que ficarem com as duas últimas colocações abrem os desfiles do domingo (9ª colocada) e segunda (8ª colocada) – a exceção se dará caso a Caprichosos volte aos desfiles, passando a ser a primeira a desfilar no domingo, deslocando a 9ª colocada para a 2ª posição no referido dia.

A campeã do carnaval continua escolhendo a posição de desfile na segunda-feira e a vice-campeã escolhe a posição no domingo. Ao contrário dos anos anteriores, não haverá mais par ordenado, sendo o sorteio feito com todas as escolas da 3ª a 7ª colocação, sem escalonamento fixo dos dias de desfile, com direito a dez minutos para eventuais trocas, inclusive com as escolas já delimitadas em suas posições. Com informações da Liesco. 


Comentários:

Wander Timbalada : Muito acertiva essa tomada de decisão pela LIESCO e pelas as escolas de Samba de Corumbá MS pois realmente esse formato deu um equilíbrio muito grande ao espetáculo, gerou uma nova possibilidade dos projetos dos Carnavais das escolas se desenvolverem de uma forma homogênea e aí ficou a pergunta por que mudar né se deu tanto certo; vejo acontecer mais passo ao processo de evolução implantado na LIESCO pelo seu Presidente e gestor em exercício Zezinho Martinez que também cabe uma pergunta será que sua saída sera mesmo boa para esse processo, será que quem entrar em seu lugar vai conseguir dar continuidade a esse Projeto? Parabéns LIESCO, parabéns a todos os presidentes das Agremiações que dão ao público das diversas comunidades esse presente de poderem ver um grande evento de Carnaval com qualidade em todas as escolas...maravilha Corumbá...quebra tudo aí...que lindo rsrsrsrs abraços a todos!!!!

PUBLICIDADE