A Pesada comemora 50 anos de Carnaval e promete desfile cheio de emoção

Leonardo Cabral em 19 de Fevereiro de 2020

Anderson Gallo/Arquivo Diário Corumbaense

No barracão, trabalho para concluir fantasias é intenso; à esquerda (sem camisa) "seu" Ney Colombo também põe a "mão na massa"

Meio século de existência contado com muita alegria e festa. É assim, que o Grêmio Recreativo Escola de Samba A Pesada, uma das mais tradicionais e a atual campeã do Carnaval corumbaense, deve entrar na avenida General Rondon para defender o título em 2020. O jubileu da agremiação será retratado num desfile que promete emocionar os foliões.

A escola desce para a Passarela do Samba com a intenção de transformar a celebração dos seus 50 anos em um grande show. Pelo menos, é isso que afirma o fundador, Ney Colombo, que ainda faz questão de enfatizar que, a cada ano que pisa na avenida, tem uma emoção diferente.

“Tudo começou com o bloco, logo depois, com o tempo e com o gosto dos foliões, fomos nos transformando na Família A Pesada, pois é assim que defino a agremiação. Será um desfile mais do que especial, não será apenas uma festa de 50 anos. Será um verdadeiro show da nossa escola que, além de família, é comunidade, pois completar meio século de vida é uma vez só na vida e tem que ser especial. Vai ser uma festa de gala”, falou “seu” Ney, que ainda completa. “A Pesada veio para festejar o aniversário dela, não apenas abrir uma cervejinha e tomar na avenida.”

As grandes mudanças também marcam os 50 anos da agremiação, como na bateria, com novo mestre, rainha e novos ritmistas, além de grandes surpresas que a escola de samba prepara para a sua apresentação, que prometem ser sem igual.

“Vamos para a avenida conscientes em defender o nosso título, porém, vamos descer colocando a celebração do centenário acima disso, que será o mais importante. A comunidade está bem unida”, frisou o carnavalesco Marcos Rorras ao Diário Corumbaense.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

A Pesada vai defender título com homenagem aos seus 50 anos de fundação

Ele ainda faz questão de frisar que o enredo, que tem como idealizador, Paulo Cezar Uig, é bem vasto, mas A Pesada não vem contando a sequência cronológica dos fatos, e sim  demonstrará a sua importância para  o Carnaval através de sua própria existência numa grande festa luxuosa. 

“Os primeiros setores entram na mitologia grega, até chegar à parte das comemorações dos 50 anos. Vamos também trabalhar o lúdico, forte da nossa escola, então acho importante mostrar um desfile de uma forma diferente e manter a característica, pois A Pesada é uma agremiação tradicional”, explicou o carnavalesco.

O carnavalesco faz questão de ressaltar que a emoção deve tomar conta do desfile, pois a primeira rainha de bateria da escola deve marcar presença, bem como outros foliões que participaram nos primeiros desfiles da agremiação.

Conhecida por sempre trazer novidades, A Pesada também levará para a avenida a inclusão, com alas das passistas plus size e cadeirantes, sem esquecer a das crianças.

A Pesada é uma das nove escolas de samba de Corumbá que irão concorrer na 11ª edição do Esplendor do Samba, que em 2020 terá três indicações em cada um dos 11 quesitos, além de melhor escola de samba durante as duas noites de desfile. O prêmio, instituído pelo jornal Diário Corumbaense tem o objetivo de homenagear aqueles que fazem o carnaval da cidade ser um dos maiores e mais animados do País.

Grêmio Recreativo Escola de Samba A Pesada

Fundação: 06/01/1970

Presidente: Ney Colombo

Cores: Azul, amarelo, branco e rosa

Carnavalesco: Marcos Rorras

Enredo: Jubileu de Ouro do Grêmio Recreativo Escola de Samba A Pesada

Compositores do samba-enredo: César Uig, Marquinhos do Banjo e Gugu das Candongas

Intérpretes: Zeca da Pesada, Lilico, Robô, Miltinho e Lauriney

Número de componentes: 1.000

Número de alas: 15

Número de carros alegóricos: 5

Componentes da bateria: 120

Porta-bandeira: Franciele Ramalho

Mestre-sala: Robson

Rainha da bateria: Izaura Colombo

Mestre de bateria: Diego Rojas

Local de ensaios: Quadra da escola da samba (Ladeira Cunha e Cruz)

Colocação em 2019: 1° lugar (campeã)

Ordem de desfile em 2020: 3ª a desfilar na segunda-feira (24)

Informações sobre fantasias: Na quadra da escola de samba


GRES A Pesada

Samba-enredo: Jubileu de Ouro do Grêmio Recreativo Escola de Samba A Pesada

Gira baiana, gira ao som do tambor

Ó batam palmas que A Pesada chegou

Meu sonho tem a bênção de Deus

Cinquenta anos do meu Jubileu

 

O Show vai começar

Toquem as trombetas que A Pesada vai passar

O Sol dourado refletindo na imensidão,

As minas do rei Salomão,

Tão fascinante

Ver Rei Midas no meu carnaval

Comemorando na avenida

O nobre metal

O arco-íris mora num pote de ouro

Oxumarê... vem se banhar nesse tesouro.

 

É... o samba

O elo da nossa união

Nós somos todos, todos somos um

“É um por todos e todos por um”

 

Que maravilha,

De um reino encantado

Doce magia de um sonho sem igual

Nesse compasso dei um passo de gigante

Fiz Ney Colombo um moicano genial.

 

Levantei poeira, levantei poeira

São Jorge brilhou na noite de lua cheia

É Ogum mensageiro do amor

A Pesada pede axé ao seu santo protetor 


Comentários:

Lelia de carvalho Guilherme: Sempre desfilei na Escola de Samba A Pesada. Morava perto da sede daí minha eterna admiração. Hoje moro longe, continua a minha ETERNA ADMIRAÇÃO. OLHA A PESADA NA PASSARELA. VEM QUE VEM ESTAMOS JUNTAS. 2020

PUBLICIDADE