PUBLICIDADE

Hércules segue em manutenção e equipes em terra e aeronaves continuam combatendo queimadas

Leonardo Cabral em 31 de Julho de 2020

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Aeronaves da Marinha e Exército seguem atuando no transporte e combate ao fogo que devasta o Pantanal

Sem a atuação da aeronave Hércules C-130, da Força Área Brasileira (FAB) há dois dias, por estar em manutenção, o combate aos focos de incêndios, que continuam devastando o Pantanal e também regiões próximas a área urbana de Corumbá, prossegue durante a Operação Pantanal. 

Equipes em terra, entre eles, militares dos Bombeiros do MS, brigadistas da Marinha, Prevfogo/Ibama e também policiais militares ambientais estão empenhadas nos trabalhos de extinção das chamas.

Além disso, as aeronaves das Forças Armadas fazem voos de reconhecimento, lançamento de água e também atuam no transporte de bombeiros, brigadistas e militares.

As áreas de atuação nesta sexta-feira, são as regiões próximas à área urbana de Corumbá. Conforme o 6° Distrito Naval, onde está instalado um Centro de Comando da Operação desde o último sábado (25), o relatório do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM) apontava 21 focos de incêndio em Ladário e Corumbá.

Divulgação/Marinha

Fogo sendo combatido pelas equipes próximo a área urbana de Corumbá

Em dois dias de ação, oito focos foram controlados, contudo novos pontos de queimadas foram contabilizados, ultrapassando os índices iniciais. 

Combate aos focos

Para o combate aos incêndios, quatro helicópteros foram empenhados na operação, sendo duas aeronaves da Marinha do Brasil, uma do Exército Brasileiro e uma da Força Aérea Brasileira.

Sem operar há dois dias, por estar em manutenção em Campo Grande, de onde opera, o avião Hercules C-130 da FAB, que já atuou em áreas próximas a Corumbá e também na região da Serra do Amolar e Jatobazinho, tendo capacidade de lançamento de até 12 mil litros de água.

Já o helicóptero Super Cougar, da Marinha, que atua na base de Ladário, no 6° Distrito Naval,  já fez lançamento de água em uma área distante 5 km de Corumbá. O helicóptero tem capacidade de armazenamento de 5 mil litros de água e está nesta sexta realizando, além do transporte das equipes, o lançamento de água em áreas próximas à Corumbá.

Ao todo, 320 pessoas integram a Operação Pantanal. 

PUBLICIDADE