PUBLICIDADE

MS passa de 21 mil casos de covid-19; Corumbá tem 991 notificações positivas

Rosana Nunes em 25 de Julho de 2020

Mato Grosso do Sul registra neste sábado (25), 21.015 casos de covid-19. Nas últimas 24h, foram 712 notificações positivas. São mais onze óbitos ocorridos em Campo Grande (4), Corumbá (2), Sidrolândia (2) e Angélica, Três Lagoas, Itaquiraí, com um caso cada, subindo os óbitos pela doença para 292. Neste levantamento não consta a morte de um homem de 45 anos, ontem à noite, em Corumbá. 

Os dados do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, deste sábado, informam que dos 21.015 casos confirmados, 5.309 estão em isolamento domiciliar, 14.899 estão sem sintomas e recuperados; 434 pessoas estão internadas, cinco pacientes internados são procedentes de fora do Estado e um da Bolívia.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registrados 102.751 casos suspeitos de coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 75.026 foram descartados após os exames darem negativo para covid-19; 1.992 exames aguardam resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e 4.718 casos foram notificados e ainda não encerrados pelos municípios. 

Corumbá e Ladário 

O boletim estadual traz mais 84 casos confirmados de covid-19 em Corumbá nas últimas 24h, subindo para 991 o número de notificações. A cidade já registrou 29 óbitos em consequência da doença. 

Pelo levantamento estadual, Corumbá é a terceira cidade com maior número de casos da covid-19. Campo Grande lidera com 8.147 confirmações; depois vêm Dourados, com 4.115; Corumbá, 991; Três Lagoas, 592; Rio Brilhante, 534;  Bataguassu, 523; São Gabriel do Oeste, 447; Naviraí, também 318; Sidrolândia, 317 e Chapadão do Sul, com 314 casos positivos. 

Ladário teve mais nove notificações positivas e agora soma 169 casos de covid-19, de acordo com o boletim do Estado. 

Ocupação de leitos 

Em relação à ocupação de leitos, dos 22 leitos de UTI da Santa Casa de Corumbá, hoje, 41% estão ocupados por pacientes com covid e 36% por pacientes sem coronavírus, totalizando taxa de 77% de ocupação. 

PUBLICIDADE