PUBLICIDADE

Dengue: Saúde já realizou mais de 25 mil visitas domiciliares; notificações suspeitas chegam a quase três mil em Corumbá

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 10 de Março de 2020

Divulgação/PMC

Larvas do Aedes aegypti, que transmite a dengue e ainda zika vírus e chikungunya

Somente em 2020, os agentes de saúde de Corumbá já realizaram mais de 25 mil visitas domiciliares, orientando os moradores a como se prevenir da dengue, eliminando focos, fazendo bloqueio químico e auxiliando na limpeza dos seus quintais. A Secretaria de Saúde ainda está utilizando três carros fumacê, cedidos pelo Governo do Estado, que circulam pelos bairros de maior incidência de focos do Aedes aegypti, transmissor da doença. O município de Ladário também recebe o reforço.

A Prefeitura de Corumbá adquiriu 2 mil telas, para vedar caixas de água, que estão sendo entregues para população de baixa renda mediante cautela, além de notificar em Diário Oficial, moradores que têm residências e terrenos com focos da dengue.

O secretário de Saúde, Rogério Leite, informou que o número de pessoas notificadas semanalmente esta diminuindo. "Agradecemos a parceria da população no combate às arboviroses e o trabalho incansável dos agentes de saúde. A administração municipal continua trabalhando em diversas frentes no combate ao mosquito, mesmo com uma diminuição no número de notificações. Na semana 6 foram 422 notificações de casos suspeitos da doença e, nesta última, 285.”

“Seguindo o exemplo de Corumbá, muitos municípios do Estado estão criando uma central de hidratação igual à nossa, para que todos os pacientes recebam a atenção e o atendimento necessário”, destacou ao secretário ao mencionar o funcionamento do serviço anexo ao pronto-socorro municipal.

"Toda segunda-feira, os profissionais da saúde se reúnem na Sala de Situação para analisar as ações e traçar diretrizes. A administração municipal esta tomando todas as medidas disponíveis para combater o mosquito e no atendimento ao paciente”, reforçou o prefeito Marcelo Iunes. “Agradecemos o apoio do Governo do Estado e da Secretaria Estadual de Saúde, pelo envio dos carros fumacê e mais de 2 mil litros de inseticida, que estão sendo fundamentais para desenvolvimento das ações”, concluiu.

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pelo Governo do Estado, em 05 de março, em Mato Grosso do Sul, 67 municípios estavam com alta incidência, totalizando mais de 24 mil pessoas notificadas. Em Corumbá, até o dia 08 de março, foram 2.996 casos suspeitos da doença notificados e 188 confirmações.

A Secretaria de Saúde de Corumbá disponibiliza telefones para moradores também denunciarem locais, como terrenos baldios e imóveis abandonados, com possíveis foco. O anonimato é garantido. Os números são: 0800 647 2255 / 0800 647 2109 / 3233-2783.

PUBLICIDADE