PUBLICIDADE

Messi é expulso, mas Argentina domina Chile e garante terceiro lugar da Copa América

Globoesporte.com em 06 de Julho de 2019

  • É claro que não se trata de uma revanche, por não ser uma final, mas a Argentina mostrou desde o início que levaria bem mais a sério do que o Chile a disputa de terceiro lugar da Copa América. Depois de perder as duas últimas finais para a Roja (2015 e 2016), a Argentina dominou o rival na tarde deste sábado, na Arena Corinthians, venceu por 2 a 1 sem grandes dificuldades e saiu com o prêmio de consolação da Copa América. Messi jogou bem de novo, ainda que não tenha marcado e tenha sido expulso – os gols foram de Agüero e Dybala; Vidal descontou de pênalti. Previsão de bom futuro para os argentinos, mas de preocupação para os chilenos.

    Messi expulso

    Marcos Ribolli

    Messi é expulso após confusão com Mede

    Depois de um lance na linha de fundo com o zagueiro Medel, o craque argentino foi duramente cobrado pelo rival, que encostou a cabeça e o peito em Messi. O árbitro Mario Díaz de Vivar, no desespero, acabou expulsando os dois – ainda que Messi mal tenha reagido às provocações de Medel. O árbitro não quis saber nem do VAR e manteve a decisão, para protesto dos torcedores na Arena Corinthians. Com o vermelho, Messi ainda vai perder a primeira partida da Argentina nas Eliminatórias para a Copa de 2022, em março próximo.

PUBLICIDADE