PUBLICIDADE

Detran: promessa de CNH sem aulas, exames e nem provas é golpe com entrega de documento falso

Portal de Notícias de MS em 25 de Janeiro de 2024

Rachid Waqued/Arquivo

Detran reforma que não existe nenhuma possibilidade de alguém conseguir uma CNH sem fazer aulas ou provas

Mensagens enviadas via Whatsapp, com sugestão de que para conseguir sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não precisa de aulas, nem exames ou provas, estão circulando. O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) alerta a população que essa prática não existe.

Na terça-feira, 23 de janeiro, um homem foi a sede do Detran porque não estava conseguindo renovar a sua CNH. Durante o atendimento, o servidor constatou que não havia informações do condutor no sistema.  

Com isso, foi constatado que o cidadão nunca havia tirado a habilitação e apresentou um documento falso ao órgão. O homem foi encaminhado à Delegacia de Trânsito, sendo autuado em flagrante e encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), passando, inclusive, por audiência de custódia.

O diretor de Habilitação do Detran-MS, Luiz Fernando dos Santos, reforça que não existe nenhuma possibilidade de alguém conseguir uma CNH sem fazer aulas ou provas.

"A pessoa que está querendo tirar a sua CNH tem que entender que não vai conseguir tirar se não fizer as aulas teóricas e práticas e nem os exames e provas. A pessoa que está lhe oferecendo facilidade, ou ela está te dando um golpe e não vai entregar documento algum a você, ou ela vai te entregar um documento falso, o que incorre em crime não apenas para quem expediu, mas para quem anda com ele também", explicou.

Crime de uso de documento falso

O delegado titular da Delegacia de Trânsito, Carlos Eduardo Trevelin Millan, falou das previsões criminais que ocorrem nesse caso.

"No caso do Uso de Documento Falso, a pena é de 2 a 6 anos de prisão. E a dica é, o interessado em ter a CNH deve procurar uma autoescola credenciada e cumprir os trâmites legais. Caso a pessoa desconfie de alguma coisa, procure o órgão de trânsito ou comunique a Polícia o que está acontecendo. O ideal é sempre desconfiar da facilidade". 

Receba as principais notícias de Corumbá, Ladário e MS pelo WhatsApp do Diário Corumbaense. Clique aqui para entrar em um de nossos grupos.