PUBLICIDADE

Tereza Cristina retoma mandato e Bia Cavassa deixa Câmara Federal

Rosana Nunes com Campo Grande News em 31 de Março de 2022

Divulgação

Tereza Cristina já retomou mandato na Câmara Federal

Decreto publicado hoje no Diário Oficial da União oficializou a saída de Tereza Cristina do cargo titular do Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária). À frente do PP regional, ela irá concorrer a única vaga no Senado nas eleições deste ano em Mato Grosso do Sul.

No decreto, assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, também consta a nomeação de Marcos Montes Cordeiro para a vaga de ministro da Agricultura, deixando a secretaria executiva da pasta.

Tereza Cristina fez discurso de despedida durante evento no Assentamento Itamarati, em Ponta Porã, no último dia 29.  “Encontramos o Brasil devastado, não me arrependo um minuto das horas que podia estar no meu lazer para me dedicar a essa missão”, disse.

Tereza chegou à Câmara dos Deputados em 2019 pelo DEM, que agora é União Brasil, e ficou licenciada para assumir o ministério. Ela se filiou e assumiu a liderança do PP em março deste ano, mas o lançamento oficial com evento realizado pelo partido, ainda será agendado.

Divulgação

Bia Cavassa foi deputada federal por pouco mais de três anos

Com a saída do ministério, Tereza Cristina reassumiu o mandato na Câmara dos Deputados. A suplente, Beatriz Cavassa (PSDB), que é de Corumbá, já deixou Brasília, onde exerceu o cargo de deputada federal por mais de três anos.

Bia Cavassa é professora concursada do Estado e do Município e viúva do ex-prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, falecido em 1º de novembro de 2017, quando exercia o terceiro mandato no Executivo Municipal. 

PUBLICIDADE