PUBLICIDADE

Morre em Campo Grande paciente com suspeita de "fungo negro"

Campo Grande News em 02 de Junho de 2021

Morreu nesta tarde o paciente que estava internado em Campo Grande em consequência do quadro de covid-19 e que apresentou sintomas de mucomircose, conhecida como “fungo negro”, infecção oportunista em vítimas da pandemia de coronavírus. A informação é da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

O paciente estava internado no Hospital Adventista do Pênfigo, desde 18 de maio, depois de começar a ter sintomas da covid-19 no dia 09 de maio. Em 29 de maio, passou a ter sintomas da infecção pelo fungo, que é bastante grave e teve os primeiros casos detectados na  Índia.

No caso dele, as lesões começaram no olho. Alerta sobre a suspeita foi emitido ontem pelo Cievs (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde). Uma das orientações foi de fazer a coleta de material para detecção do micro-organismo o mais rápido possível.

Segundo a Sesau informou, o caso foi notificado  pelo hospital ao CIEVS de Campo Grande e posteriormente repassado ao Estado para que fosse feita a notificação ao CIEVS nacional.

“Foi feita a coleta de material para biópsia da lesão e enviado ao Lacen (Laboratório Central do Estado) para análise”, informou o órgão municipal.

Caso seja apresentada cultura positiva, a amostra deve ser enviada ao laboratório Adolfo Lutz, em São Paulo, para detalhamento da pesquisa, inclusive sequenciamento do tipo de fungo.

O paciente havia tomado as duas doses da vacina contra a covid, entre março e abril. 

PUBLICIDADE