PUBLICIDADE

Voo entre Corumbá e Campo Grande, com conexão em Cuiabá, pode ter início em outubro

Leonardo Cabral em 02 de Maio de 2021

Anderson Gallo/Arquivo Diário Corumbaense

Azul pode operar voo em outubro deste ano

Voo entre Corumbá e Campo Grande, pode começar a operar a partir de outubro deste ano. É o que informou a diretora-presidente da Fundação do Turismo do Pantanal, Elisângela Sienna da Costa Oliva ao Diário Corumbaense.

Porém, Elisângela ressaltou que tudo vai depender do cenário até lá, por conta da pandemia da covid-19. “Já está aprovado. Até mesmo pela malha de logística, as etapas foram concluídas e teremos o voo, mas tudo vai depender da evolução da vacinação e também do decréscimo da doença em nossa região, mas a proposta é que a partir de outubro, já possamos ter o voo ligando as duas cidades, com conexão”, explicou mencionando que a empresa Azul assinalou para este período o voo.

As etapas de conclusão foram discutidas em dezembro do ano passado, quando em vídeo-reunião com os diretores da Companhia, Lucas Frade e Paula Levy, responsáveis pelas operações na região, a diretora-presidente da Fundtur Pantanal defendeu voo ligando Corumbá a Campo Grande, Cuiabá e demais conexões.

Em uma perspectiva positiva, o início de operação desse voo estava previsto ainda para primeiro semestre de 2021, mas pelos agravamento da pandemia, a empresa, conforme Elisângela, assinalou que o voo poderá ter início em outubro.

O prefeito Marcelo Iunes, ressaltou a importância dessa nova linha durante coletiva de imprensa dos 100 dias de governo, no início dessa semana. “É uma oportunidade para alavancar o setor de turismo, além de comodidade aos corumbaenses que têm muitos familiares tanto em Campo Grande como em Cuiabá”, destacou Iunes.

No caso de Cuiabá, o Aeroporto Internacional de Marechal Rondon, está localizado na cidade vizinha de Várzea Grande. Mas, a distância do aeroporto para o centro de Cuiabá é de aproximadamente 8 quilômetros. 

PUBLICIDADE