PUBLICIDADE

Volta às aulas na Reme será em março e com ensino híbrido

Leonardo Cabral em 05 de Janeiro de 2021

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Aulas devem ter início no dia 1° de março, segundo Secretaria Municipal de Educação

O ano letivo de 2021 deve começar na Rede Municipal de Ensino de Corumbá no dia 1º de março, com aulas a distância e presenciais, seguindo protocolos de biossegurança contra a covid-19. 

“Como ainda estamos em plena pandemia, vamos colocar em prático o ensino híbrido, metodologia que combina a aprendizagem presencial e remota, permitindo que o aluno estude sozinho de forma online ou em sala de aula interagindo com os colegas e com o professor, seguindo todos os protocolos de prevenção”, falou ao Diário Corumbaense o secretário de Educação Genilson Canavarro. “O ensino híbrido vai estar presente nas redes estadual, municipal e particular. Todos estão se organizando”, completou.

“Vamos dividir as turmas em duas partes: segundas-feiras e quartas-feiras um grupo, terças-feiras e quintas-feiras outro grupo de alunos que será atendido na escola. Nas sextas-feiras, teremos atividades para os alunos que necessitam de mais atenção na aprendizagem”, explicou Genilson sobre o planejamento das aulas.

Para isso, os alunos terão que se adaptar ao acesso da internet. “Embora a tecnologia seja uma excelente ferramenta de aprendizagem, sozinha ela não é eficiente, por isso a necessidade de combinar os ensinos virtual e presencial, ministrados pelo professor em sala de aula de acordo com o modelo tradicional”, concluiu.

O ensino híbrido é a modalidade de ensino que combina práticas presenciais e remotas, por meio do uso de ferramentas digitais. Nesse modelo, o estudante pode ter acesso a aulas online ou presenciais, já que a combinação delas pode estimular uma maior capacidade e interação social nos alunos.

Matrículas a rematrícula

A Secretaria Municipal de Educação, estendeu o prazo para que os pais ou responsáveis dos alunos que estudaram na Reme em 2020, confirmem a matrícula para o ano letivo de 2021. A rematrícula agora pode ser realizada até o dia 08 de janeiro, próxima sexta-feira.

Os responsáveis só precisam agendar um horário junto à direção escolar e comparecerem no local no dia e hora marcados. A medida de biossegurança serve para evitar aglomerações e a propagação da covid-19.

Até o dia 29 de dezembro, mais de 11% dos estudantes ainda não haviam assegurado a continuidade na Reme para este ano. A Secretaria de Educação reforça ainda que todas as unidades da Reme fizeram busca ativa para lembrar os responsáveis da rematrícula e explica que o processo não pode ser feito compulsoriamente, pois os alunos não encontrados podem estar matriculados em outras redes. Além disso, isso é legalmente uma responsabilidade da família.

Caso a rematrícula não seja confirmada, o estudante perde a vaga. 

PUBLICIDADE