PUBLICIDADE

Candidato a prefeito em Naviraí, deputado Onevan de Matos morre aos 77 anos

Campo Grande News em 13 de Novembro de 2020

Divulgação

Onevan de Matos teve covid-19, chegou a ser curado, mas quadro clínico de complicou

Candidato à prefeitura de Naviraí, o deputado estadual Onevan de Matos (PSDB) morreu aos 77 anos nesta sexta-feira (13). Ele foi vítima de infarto durante cirurgia de cateterismo. A notícia chega a dois dias das eleições municipais.

Onevan estava internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, em tratamento há mais de um mês. Foi diagnosticado com coronavírus, se tratou, chegou a ter alta, mas apresentou complicações, entre elas pneumonia.

O candidato a vice na chapa de Onevan, Márcio André (PTB), informou que a morte aconteceu durante procedimento cirúrgico para desentupir veias. Onevan liderava as pesquisas em Naviraí.  Com a morte dele, o candidato a vice, o vereador petebista conhecido como Márcio Araguaia, é quem assume a campanha.

A coligação entre PTB e PSDB deve indicar um novo vice para a Justiça Eleitoral. Nas urnas de Naviraí, ainda constará o nome de Onevan, pois os dados já foram inseridos.

"A campanha é secundária nesse momento. Mas com certeza queremos realizar o sonho dele, de voltar à prefeitura e colocar em prática todo o plano de Governo dele", comentou Márcio André, com voz embargada.

O corpo ainda está em São Paulo e deve ser trazido para velório e sepultamento em Naviraí. 

Nota oficial

O PSDB de Mato Grosso do Sul emitiu nota sobre a morte do parlamentar tucano que estava em seu nono mandato como deputado estadual na Assembleia Legislativa.

"Com uma história que se iniciou em 1983, na política sul-mato-grossense, ao ser eleito como deputado estadual, Onevan, antes de ser político, era nosso amigo, parceiro, exemplo de pessoa, ser humano, caráter e de gestor", frisa o presidente estadual, Sérgio de Paula.

Além disso, a nota aponta que "seu legado sempre será lembrado por todos nós" e que "Onevan não deixa apenas sua família órfã, ele deixa amigos, admiradores e um ninho tucano triste por sua partida". 

PUBLICIDADE