PUBLICIDADE

Ato cívico pelos 242 anos de Corumbá homenageia profissionais da saúde, brigadistas e bombeiros

Leonardo Cabral em 21 de Setembro de 2020

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Homenagens ao aniversário de Corumbá aconteceram no Jardim da Independência

As badaladas dos sinos das igrejas deram início às homenagens aos 242 anos de Corumbá. A cidade, conhecida pelo seu povo festeiro, alegre e acolhedor, não teve festejos, desfile e outras atividades, como de costume, por causa da pandemia da covid-19. 

Mas uma singela homenagem foi realizada no Jardim da Independência, palco de tantos eventos e encontros que guardam na lembrança parte da história da cidade. O Coreto abrigou autoridades que participaram do ato, como o prefeito Marcelo Iunes, a deputada federal, Beatriz Cavassa, o secretário de Governo, Cássio Costa Marques e representantes do poder Legislativo, da Marinha do Brasil e Exército Brasileiro.  

Logo após a alvorada solene dos sinos, foi dado o lugar para as sirenes dos veículos do 6° Batalhão da Polícia Militar. Cinco viaturas e quatro motorizados desfilaram em torno da praça, passando pelas ruas Quinze de Novembro, Dom Aquino e Frei Mariano, como forma de prestar tributo ao município pantaneiro.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Coroa de flores foi colocada em frente ao busto de Antônio Maria Coelho para homenagear vítimas da covid-19

Em seguida, houve o hasteamento das Bandeiras, ao som do Hino Nacional Brasileiro e o hino à Corumbá. O chefe do Executivo corumbaense esteve acompanhado do chefe do Estado Maior do Comando do 6º Distrito Naval, capitão de Mar e Guerra (FN) Dória e do capitão Júlio, da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira.

Homenagens

Também foram prestadas homenagens às vítimas que perderam a luta para a covid-19, aos profissionais da Saúde, bombeiros e brigadistas do Ibama/Prevfogo que combatem os incêndios florestais no Pantanal. Ao som do trompetista, Carmo Kleber, uma coroa de flores, foi colocada na estátua de bronze de Antônio Maria Coelho, herói da Retomada de Corumbá.

Representando a classe, a enfermeira Heide Lozada, que estava acompanhada de duas colegas, Suziane Aldama Vieira Cruz e Kelly Urquizo Ticona, disse ao Diário Corumbaense  que o momento foi de emoção.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Enfermeiras representaram profissionais da Saúde que foram lembrados por estarem na luta contra o novo coronavírus

“Essa homenagem muito nos emocionou, pela representatividade que temos. Hoje em dia, tanto o corpo clínico, como tantas outras áreas envolvidas nessa linha de frente contra a doença, tem vivido tempos atípicos. Estamos nessa luta em busca de dias melhores que virão. Estamos aqui representando uma parcela grande que está lá nessa batalha diária incansavelmente”, disse Heide.

O supervisor de brigada do Ibama/Prevfogo, em Corumbá, Bruno Agueda Ovelha, destacou o importante reconhecimento do trabalho dos brigadistas e bombeiros na preservação do Pantanal de Mato Grosso do Sul.

“A gente fica feliz pelo reconhecimento do nosso trabalho, que muitas das vezes é frustrante, pesado e cansativo. Todos sabemos da árdua missão que temos. A grande maioria são pais de família que estão nessa batalha e deixam o seu lar para defender o Pantanal. É um momento de pensar no coletivo”, mencionou,

Já o secretário de Governo, Cássio Costa Marques, ressaltou o aniversário da cidade como um momento de de valorizar a vida e o coletivo. “Não vamos comemorar com festa, mas sim, nos render às homenagens e lembranças daqueles que contribuíram e estão contribuindo para um futuro melhor. Cumprimento aos cidadãos. É um dia de homenagens a aqueles que estão na linha de frente em defesa da vida, colaborando dia a dia, para que tenhamos um futuro promissor”, destacou Cássio em nome do Executivo corumbaense. 

Ainda nesta segunda-feira, a partir das 18h, haverá celebração ecumênica no Cristo Rei do Pantanal, no Morro do Cruzeiro, com a seguinte atividade: 

• Celebrar os 242 anos da cidade;

• Tributo às vitimas da covid-19;

• Tributo aos profissionais da saúde;

• Homenagem aos brigadistas, bombeiros e militares que estão no enfrentamento aos incêndios no Pantanal;

• Oração pela cura da humanidade;

• Show de luzes. 

Representações religiosas presentes na celebração:

• Igreja Católica – Bispo.

• Protestante – Pastor.

• Umbandista – Pai de Santo.

• Islâmico – Xeique.

• Espírita – Representante da União Espírita.

PUBLICIDADE