PUBLICIDADE

Cidade boliviana distante 250 km de Corumbá tem dois casos positivos de coronavírus

Leonardo Cabral em 27 de Março de 2020

Reprodução/ El Deber

Prefeito aguarda chegada da equipe sanitária para auxiliar no combate à doença

Após 11 pessoas da mesma família terem ficado em isolamento, por suspeita de contaminação pelo Covid-19, em Roboré, na Bolívia, distante cerca de 250 km da fronteira com Corumbá, o Ministério da Saúde confirmou dois casos positivos da doença nesta sexta-feira (27). Porém, as duas pessoas infectadas não fazem parte do grupo que está em isolamento domiciliar.

As duas pessoas diagnosticadas com coronavírus são da mesma família. Uma delas chegou da Suíça e manteve contato com o parente, que também testou positivo para a doença.

Diante deste novo quadro no município boliviano, que no ano passado foi um dos mais atingidos pelos incêndios florestais, medidas preventivas como a restrição da circulação da população foram reforçadas. Lembrando que a Bolívia está em quarentena total desde domingo (22).

O prefeito de Roboré, Iván Quezada, indicou que espera por uma equipe do Serviço Departamental de Saúde (Sede), para que eles possam orientá-lo sobre as providências que devem ser tomadas.

"Um membro da família em quarentena veio da Suíça. Todos se reuniram para comemorar o Dia dos Pais. Eles imediatamente suspeitaram que um deles pudesse ter coronavírus, entraram em contato com a equipe de saúde e vimos que eles cumpriam todos os requisitos”, disse o prefeito lembrando que antes que os dois casos positivos fossem conhecidos, 11 pessoas foram colocadas em quarentena desde a última quarta-feira por suspeita da doença.

O prefeito destacou que a população está cumprindo as restrições estabelecidas pelo Governo Nacional, entre elas está a restrição da circulação de pessoas nas ruas, seguindo determinação pelo número final da identidade, ou seja, cada cidadão poderá sair às ruas para fazer compras dependendo do dia da semana que corresponde aos números finais do RG. "A melhor maneira de prevenir a doença é não sair de casa", aconselhou Iván Quezada.

Com estes dois casos de Roboré, sobe para 63 o número de casos confirmados de covid-19 na Bolívia. 

Com informações do jornal El Deber. 

PUBLICIDADE