PUBLICIDADE

Sérgio Murilo diz que Podemos se reestrutura para ganhar "cacife político" em 2022

Rosana Nunes em 28 de Maio de 2021

Divulgação

Sérgio Murilo comanda a Regional do Podemos

Presidente do Podemos em Mato Grosso do Sul, o secretário estadual de Governo, Sérgio Murilo, disse ao Diário Corumbaense que a legenda está se reestruturando e se preparando para as eleições 2022. O objetivo inicial é montar chapas fortes para a disputa proporcional, de deputados estaduais e federais, e, a princípio, dar apoio à candidatura majoritária do PSDB ao Governo do Estado.

“Por parte do Podemos, estamos encaminhados para ficar junto com o pré-candidato do PSDB, que é o Eduardo Riedel, para o Governo. O governador Reinaldo Azambuja tem dito que quer que siga a continuidade do legado dele no Governo do Estado. Mas, tem muita água na ponte que pode passar ainda. Temos a capacidade de estar juntos nessa majoritária e montarmos uma chapa para disputa de deputados federal, estadual”, afirmou Sérgio Murilo. 

Recorrendo à linguagem do futebol, o presidente do Podemos ressaltou que a sigla atua com tranquilidade vislumbrando as eleições de 2022. “Time que não participa de campeonato não tem torcida. Estamos mostrando para a população, fizemos isso com certa dificuldade em 2020, e agora estamos com mais tranquilidade para 2022. Precisamos montar uma chapa de deputado estadual, deputado federal para fazer parte da disputa de 2022”.

Ainda fazendo analogia com os gramados, Sérgio Murilo disse que seu partido é o Real Madrid B no cenário eleitoral de 2022. “O Podemos é o Real Madri B do governador Reinaldo Azambuja. Ele tem o Real Madrid, que é o PSDB, e nós somos um partido satélite do PSDB, que tem seus programas, dogmas e sua simpatia pelo compromisso do governador Reinaldo Azambuja com Mato Grosso do Sul e, por isso, que estamos ajudando para deixar um legado forte e firme para a população sul-mato-grossense”, argumentou.

O presidente regional do Podemos destacou que o prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, recém-filiado ao partido, é uma peça importante nesse processo de reestruturação da legenda. “É para nós um grande privilégio ter um prefeito com densidade eleitoral comprovada em Corumbá, como é o Marcelo. Corumbá é a quarta maior cidade do Estado e isso engrandece muito o partido e demonstra que os dirigentes do Podemos estão trabalhando e conversando com toda a classe politica para aumentar seus quadros e seu cacife político para 2022”, finalizou.

PUBLICIDADE