Letícia Aguilar é eleita Musa Gay 2020 do Carnaval de Corumbá

Leonardo Cabral em 17 de Fevereiro de 2020

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Letícia Aguilar foi eleita primeira vez Musa Gay

Após uma acirrada disputa, a Musa Gay do Carnaval de Corumbá em 2020, é Letícia Aguilar. A candidata foi eleita pelos jurados durante evento realizado na noite de sábado, 15 de fevereiro, no salão do Corumbaense Futebol Clube.

Além dos jurados, Letícia, que já tem experiência em concursos fora e dentro da cidade, arrancou muitos aplausos e gritos dos convidados. Bastante emocionada, a nova Musa Gay agradeceu o público e destacou o esforço do trabalho até chegar ao título este ano.

“Foram quatro anos participando do concurso e a cada presença a gente vai crescendo, procurando melhorar sempre, para os próximos anos. Agora consegui ser coroada. É uma alegria muito grande e dedico essa vitória à minha mãe, que é minha maior patrocinadora em todos os aspectos e que não mede esforços em me apoiar sempre. Essa vitória é dedicada também a todos os envolvidos na minha participação no concurso que teve o brilho das outras candidatas que estavam lindas", falou emocionada a nova Musa Gay, Letícia Aguilar ao Diário Corumbaense.

Foram sete candidatas que se apresentaram em trajes de fantasias luxuosas. Dessas, uma era representante da Bolívia e outra da cidade de Campo Grande.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Concurso contou com a participação de sete candidatas

Letícia recebeu a coroa e a faixa das mãos da eleita em 2019, Brenda Bahls. Em segundo lugar, ficou Viviane Baryoli e na terceira colocação, Bianca Smith.

O Musa Gay entrou em sua 9ª edição e além de cair no gosto do púbico corumbaense, já faz parte do calendário de eventos do  melhor Carnaval da região Centro-Oeste, e tem também a responsabilidade de mostrar a luta contra o preconceito e a homofobia.

A festa teve organização de Leandro Novaes e de Márcio Kalango. A animação ficou por conta de artistas regionais e locais, como Levi Kelmo, Banda Coisa Nossa, além da presença da bateria Barcelona. A apresentação ficou por conta da jornalista Lívia Gaertner, Luciene de Oliveira e Lauanda Dumor.

O concurso teve R$ 1,8 mil em premiação. Para a vencedora, o valor foi de R$ 1.000,00. A segunda colocada levou o prêmio de R$ 500,00 e o terceiro lugar faturou R$ 300,00. Todas as candidatas também foram presenteadas com kits de produtos de beleza e brindes. O Musa Gay 2020, teve como madrinha do evento, a empresária e proprietária da Bella Ge. Store, Geise Santana. Veja mais fotos no site Vitrine Virtual

PUBLICIDADE