PUBLICIDADE

Manifestantes favoráveis a Evo bloqueiam Bioceânica; viagens de ônibus são suspensas

Leonardo Cabral em 19 de Novembro de 2019

Reprodução/ El Deber

Cerca de 2 mil pessoas estão bloqueando a Bioceânica

A estrada Bioceância que liga as cidades bolivianas de Puerto Quijarro e Puerto Suárez à Santa Cruz de La Serra, distante mais de 600 km da fronteira com Corumbá, teve trecho bloqueado. Manifestante favoráveis ao ex-presidente Evo Morales, interromperam o tráfego na via internacional nesta terça-feira, 19 de novembro.

A mobilização, que conforme o jornal El Deber, reúne 2 mil pessoas, suspendeu as saídas de ônibus de viagens no Terminal Bimodal de Santa Cruz, como de Puerto Quijarro e Puerto Suárez, segundo a presidente do Comitê Cívico Feminino de Quijarro, Rosário Hurtado de Gallardo, informou ao Diário Corumbaense.

Simeón Álvarez, executivo da Central Única de Trabalhadores Campesinos de Concepción, disse que o ponto de bloqueio está localizado a 500 metros do cruzamento da estrada principal que liga Santa Cruz a Beni e Concepción.

"Não nos moveremos até que a presidente autoproclamada (Jeanine Añez) renuncie e o Legislativo decida que Evo Morales volte e legalmente possa definir um interino", explicou Álvarez. Morales está no México, onde pediu asilo político depois de renunciar.

Com o tráfego interrompido nesta localidade, os veículos que a utilizavam para desviar de bloqueios em San Julián e Cuatro Cañadas, não podem mais seguir para Santa Cruz.

No Terminal Bimodal, naquela cidade, estão suspensas as saídas de ônibus para Chiquitania, San José, Roboré e Puerto Quijarro. Da mesma forma, não há viagens para o interior do país, com exceção de Yacuiba, onde a rota permanece funcionando.

PUBLICIDADE