Com orgulho de trajetória, Marquês de Sapucaí canta 30 anos de carnaval na avenida

Lívia Gaertner em 30 de Janeiro de 2018

Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Carnavalesco Edílson (à direita) coordena trabalhos no barracão da Marquês de Sapucaí

É levando seus 30 anos de história como enredo para a passarela do samba que o Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente da Marquês de Sapucaí prepara uma grande comemoração, onde cada folião, seja como integrante da agremiação ou como aquele que se acomoda pelo circuito do samba para assistir ao desfile, é um convidado de honra.

“Tivemos que fazer um trabalho bem minucioso, sentamos com o Vanderli dos Santos que, como fundador, patrono e, alguns anos, carnavalesco, nos auxiliou num apanhado dos melhores enredos, que é o que vamos mostrar na avenida”, explicou ao Diário Corumbaense, o carnavalesco Edílson Oliveira.

Aliás, o próprio Edílson faz parte dessa trajetória, já que a escola fundada em 1988 foi onde o carnavalesco primeiramente desempenhou o cargo pelo qual hoje é reconhecido dentro da folia de Corumbá.

“Inicialmente vim convidado para fazer as alegorias, esculpir as esculturas dos carros e consequentemente depois assinei alguns carnavais pela escola”, contou ao lembrar que 2018 marcou sua volta como responsável pelo desfile da entidade que, atualmente, tem sua sede no bairro Dom Bosco.

No barracão que concentra o trabalho de aderecistas e também dos carros alegóricos, Edílson coordena equipes num intenso ritmo de trabalho nas últimas semanas que antecedem o desfile. Ele afirma que é impossível dissociar a escola da figura do seu fundador.

“Não poderíamos deixar de falar no fundador Vanderli, o que também é uma forma de homenageá-lo, porque nesse tempo todo ele sempre esteve presente na avenida”, lembrou.

Trabalho de aderecistas segue em ritmo acelerado nas últimas semana que antecedem desfile

Nos últimos anos, a agremiação tem à frente de sua presidência Odeti Brincker de Oliveira Bueno, conhecida por muitos, como a “dona Odeti da Marquês”, numa referência que também liga a história dela à da escola que em 2013 subiu ao Grupo Especial do Carnaval de Corumbá e por lá permaneceu até a instituição do Grupo Único na competição deste ano.

“Toda a escola esse ano vem com atrativos, as fantasias estão bem elaboradas, são de fácil leitura. Com certeza, toda a escola vai causar um impacto”, aposta o carnavalesco Edílson ao contabilizar 800 integrantes em 13 alas durante a apresentação da Marquês de Sapucaí.

A bateria está programada para passar pela avenida com 75 ritmistas sob  o comando do mestre Luciano, outro integrante fiel à escola do pavilhão verde, lilás, amarelo e branco. No microfone principal, o intérprete Wellington que, em 2017, ganhou o Esplendor do Samba.

Outro profissional que também tem trajetória marcada dentro da Marquês e estará presente na avenida este ano é o coreógrafo Jô Diuary, responsável pela comissão de frente.

“Estamos somando com muita gente que tem história e amor pela escola, então iremos com uma pitada a mais de orgulho, batendo no peito ao falar que é lilás e verde mesmo, que é Marquês”, avisou o carnavalesco.

A Marquês de Sapucaí é uma das dez escolas de samba de Corumbá que irão concorrer na 9ª edição do Esplendor do Samba, que em 2018 irá indicar 3 nomes por quesito e melhor escola de samba durante as duas noites de desfile. O prêmio, instituído pelo jornal Diário Corumbaense tem o objetivo de homenagear aqueles que fazem o carnaval da cidade ser um dos maiores e mais animados do País.

Grêmio Recreativo Escola de Samba "Mocidade Independente Marquês de Sapucaí"

Fundação: 29/02/1988

Presidente: Odeti Brincker de Oliveira Bueno

Cores: verde, lilás, amarelo e branco

Carnavalesco: Edílson Oliveira

Enredo: “Bodas de Pérola, a Marquês de Sapucaí comemora 30 anos de carnaval”

Compositores do samba-enredo: Pedro J. Castro (Pedrão) e Victor Raphael

Intérprete: Wellington

Número de componentes: 800

Número de alas: 13

Número de carros alegóricos: 04 + 01 tripé

Componentes da bateria: 75

Porta-bandeira: Silvana Anez

Mestre-sala: Marcinho Carvalho

Rainha da bateria: Ariadne Barros

Mestre de bateria: Luciano

Local de ensaios: Rua República do Paraguai, entre Dom Aquino e Cuiabá, bairro Dom Bosco

Colocação em 2017: 5ª colocada no grupo de Acesso, com 157,9 pontos

Ordem de desfile em 2018: 2ª a desfilar no dia 12/02 (2ª feira)

Informações sobre fantasias: (67) 9-9857-5142

 

GRESMI Marquês de Sapucaí

Samba-enredo: “Bodas de Pérola, a Marquês de Sapucaí comemora 30 anos de carnaval”

Autores: Pedro J. Castro (Pedrão) e Victor Raphael

Abriram as cortinas, foi dada a largada

30 anos de show

Tá toda orgulhosa, como nunca vi

A minha escola, Marquês de Sapucaí.

 

Exaltando

A minha Mocidade Independente

Traz na passarela seus enredos

Levando emoção pra nossa gente

Cantarei Carmen Miranda

Mostrando o que a baiana tem

Nas asas da fada, imaginação

E as cores do meu pavilhão

 

Eparrei, minha mãe

Senhora do nosso congá

Iansã vence demanda

É do povo de Aruanda

Meu caminho vai guiar

 

Hoje a noite é tão bela

Enfeitando o luar

Vem que tem marmelada

No meio dos anjos, criança a brincar.

Minha Marquês Altaneira

Suas bodas de pérola, vou festejar

Vanderlei, braço forte da Sapucaí.

Vem trazendo os fundadores

Na apoteose vamos todos aplaudir

 

PUBLICIDADE