PUBLICIDADE

Incêndio em Forte de Coimbra mobiliza brigadistas, bombeiros e militares do Exército

Leonardo Cabral em 07 de Setembro de 2021

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Cortina de fumaça encobria a região de Coimbra nesta terça-feira

Brigadistas do Prevfogo seguiram na segunda-feira, 06 de setembro, para a região de Forte de Coimbra, em Corumbá, onde ocorre incêndio em vegetação de grande proporção.

Militares do Exército Brasileiro e do Corpo de Bombeiros dão apoio à operação de combate ao fogo. Na noite de ontem, as chamas eram vistas de longe e os moradores estavam com medo de que o fogo se alastrasse em direção às casas.

Já na manhã desta terça-feira, 07 de setembro, era possível ver a densa camada de fumaça encobrindo aquela região. Mais militares dos bombeiros que estão atuando na operação Hefesto, devem se deslocar ainda hoje para Forte de Coimbra.  

São 14 brigadistas do Prevfogo, que utilizam materiais, como sopradores, moto bomba, abafadores e demais equipamentos.

Foto enviada ao Diário Corumbaense

Fogo é de grande proporção

Segundo o Laboratório de análises de satélites ambientais, o LASA da UFRJ, 678 mil hectares já foram queimados em todo o bioma pantaneiro.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), mostram que Corumbá em 2021 registrou 1.242 focos de calor. Desse total, 83 foram nesses primeiros sete dias de agosto. 

PUBLICIDADE