PUBLICIDADE

Gestante baleada está na ala vermelha da Santa Casa da Capital e aguarda exames

Leonardo Cabral em 06 de Julho de 2021

Jovem de 18 anos, grávida de pouco mais de sete meses e que foi baleada pelo companheiro, de 20 anos, na madrugada de segunda-feira (05), em Corumbá, segue internada na Santa Casa de Campo Grande. Ela foi transferida ainda ontem, para a Capital, e o autor dos dois disparos, foi preso em flagrante. 

A assessoria de imprensa da Santa Casa de Campo Grande, informou ao Diário Corumbaense, que a paciente deu entrada por volta das 16h03, de segunda-feira. Ela foi transferida para a ala vermelha e está gestante de 30 semanas, consciente, parcialmente orientada, respirando de forma espontânea.

Ainda segundo a assessoria equipe da Obstetrícia entrou com medicação para maturação pulmonar do bebê, e novos exames do crânio foram solicitados pela equipe da neurologia para avaliação do quadro. A paciente está sob cuidados intensivos das equipes.

O caso

Equipe da Força Tática foi informada que um homem havia feito dois disparos contra a companheira dele, de 18 anos. Os PMs localizaram o acusado na área de serviço de uma sorveteria, que pertence a um conhecido dele.

A guarnição o questionou sobre a arma que utilizou para atirar na vítima e ele disse que havia "perdido" durante a fuga. Mas, os policiais fizeram buscas e encontraram o revólver em um vaso de planta. O caso aconteceu na rua Piauí, bairro Cristo Redentor.

De acordo com a PM, a jovem baleada foi socorrida por equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e removida para o pronto-socorro de Corumbá, onde após exames, foi transferida para a Capital.

Na delegacia, em depoimento, o homem disse que os disparos foram acidentais. Mas testemunhas desmentiram a versão e contaram que horas antes dos disparos, o casal estava brigando e o motivo teria sido uma suposta descoberta de traição por parte do autor.

PUBLICIDADE