PUBLICIDADE

Ministério determina que estrangeiros que entrarem na Bolívia, vindos do Brasil, terão que ficar isolados

Leonardo Cabral em 26 de Março de 2021

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Estrangeiros/brasileiros que entram pelo Brasil até a Bolívia, devem passar por um isolamento de cinco dias

Diante dos sinais de que a variante brasileira do coronavírus está circulando nos municípios fronteiriços, como em Puerto Suárez e Puerto Quijarro, na divisa com Corumbá/MS, as autoridades bolivianas decidiram tomar medidas mais rígidas para controlar o fluxo migratório e conter a disseminação da forma mais grave da doença.

A diretora de Epidemiologia do Ministério da Saúde, Maria Rothe, informou que a partir de agora, os estrangeiros que entram na Bolívia pela fronteira com o Brasil, devem ficar em isolamento por cinco dias. Após esse período, terão que se submeter a um teste de PCR. 

“Se der negativo, eles podem continuar suas atividades, mas se der positivo para a covid, iniciamos o atendimento imediatamente. O isolamento é obrigatório a partir de agora porque com a entrada da nova cepa não podemos permitir que as pessoas circulem livremente sem fazer um controle”, apontou.

Comissão em Puerto Quijarro

A morte de duas pessoas em Puerto Quijarro, que foram infectadas pela covid-19 em uma festa de casamento realizada em Corumbá, no dia 13 de março, preocupou o Ministério da Saúde, que enviou uma comissão ao município para avaliar a situação.

"Há uma idosa, de 94 anos, que tem todos os sintomas e não queria ir para o hospital, tememos o pior. Outras duas pessoas morreram rapidamente, por isso a preocupação diante dessa situação", disse Maria Rothe. Com informações da Rede de TV Unitel.

PUBLICIDADE