PUBLICIDADE

Bolivianos que participaram de casamento em Corumbá morrem de covid-19 e há mais seis positivos

Leonardo Cabral em 25 de Março de 2021

Dos seis óbitos ocorridos na última segunda-feira (22) em consequência da covid-19, em Corumbá, um era o de uma mulher, de 51 anos, de nacionalidade boliviana. Ela havia participado de uma festa de casamento, no dia 13 de março em um salão de festas aqui na cidade. A informação foi confirmada por autoridades bolivianas do Serviço Departamental de Saúde.

O chefe de Epidemiologia do Sedes, Carlos Hurtado, informou que além da mulher, um homem boliviano que também participou da festa, morreu. As duas vítimas fatais eram parentes da noiva.

Reprodução/ Unitel

Carlos Hurtado, em entrevista a Unitel, falou sobre os casos de infectados

Hurtado, em entrevista à Unitel, contou que as duas vítimas saíram de Puerto Quijarro junto com um grupo de pessoas e vieram para o  casamento, em Corumbá. Logo depois da festa, eles retornaram, os sintomas começaram e então ficou constatado que haviam sido infectados pela doença. A boliviana ficou internada em Corumbá e o homem procurou atendimento médico já no país vizinho, conforme apurou o Diário Corumbaense junto a Secretaria Municipal de Saúde e com autoridades da Bolívia.

Carlos Hurtado ainda alertou que mais seis pessoas, além dos dois óbitos, foram diagnosticadas positivas para covid-19 e que todas participaram da festa.

“São seis casos e duas mortes após terem comparecido ao casamento. O filho da mulher que faleceu, veio de Campo Grande e testou positivo também”, explicou Hurtado.

Ele informou que o município de Puerto Quijarro providenciará um centro de isolamento para as pessoas infectadas na festa para conter a propagação do vírus. Há suspeita de que tenham sido contaminados por variante que circula no Brasil. 

PUBLICIDADE