PUBLICIDADE

Tenente que agrediu mulher em quartel da PM é transferido para Campo Grande

Campo Grande News em 24 de Novembro de 2020

Reprodução/Vídeo

Agressão ocorreu em setembro, no quartel da PM em Bonito; vítima estava algemada

O 2º tenente da Polícia Militar, André Luiz Leonel, afastado das funções por determinação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), foi transferido para Campo Grande. A medida foi tomada depois do militar ter espancado uma mulher dentro do quartel em Bonito, no dia 26 de setembro deste ano.

A transferência para a Capital, por "inconveniência da permanência" do tenente no comando do 3º Pelotão de Bodoquena ­- município distante  266 quilômetros de Campo Grande, foi publicada nesta terça-feira (24) no DOE (Diário Oficial do Estado).

O militar também foi dispensado da função de confiança que exercia como comandante da unidade. Ele deixa o trabalho de rua e assume responsabilidades administrativas.

Caso

A mulher, de 44 anos, moradora de Corumbá, estava passando o fim de semana em Bonito com a família, quando se envolveu em uma confusão num restaurante da cidade, após a filha de 3 anos, que é autista, ser chamada de "verme da sociedade".

Segundo a mulher, as agressões começaram no quarto da pousada em que a família estava hospedada, após a Polícia Militar ser comunicada sobre o caso. Ela foi levada ao quartel da PM da cidade e agredida pelo tenente no local. As imagens vieram à tona somente dois meses após o crime.

Ontem (23), a vítima esteve em Campo Grande e denunciou o tenente na Corregedoria da Polícia Militar.

PUBLICIDADE