PUBLICIDADE

Feriado prolongado teve quatro mortes nas rodovias federais de MS

Leonardo Cabral em 13 de Outubro de 2020

Divulgação/PRF

Quatro pessoas morreram nas estradas durante os dias de operação da PRF

O feriado prolongado nas estradas de Mato Grosso do Sul terminou com quatro mortes. É o que revela o balanço da Operação Nossa Senhora Aparecida, realizada pela Polícia Rodoviária. As mortes ocorreram em dois acidentes em dias diferentes.

Além disso, a PRF fiscalizou 1.839 veículos e 2.360 pessoas nas rodovias federais, durante os quatro dias de operação. Foram totalizados 1.441 autos de infrações gerais e observadas 260 infrações de ultrapassagem cometidas, sendo 230 ultrapassagem em faixa dupla contínua.

Já em relação às autuações pelo não uso do cinto de segurança foram 86, entre motoristas e passageiros. Crianças sendo transportadas fora da cadeirinha, assento de elevação ou bebê conforto resultaram em 24 autuações.

A PRF realizou 81 testes com o bafômetro, 22 motoristas foram flagrados pelo etilômetro e três presos.

Os acidentes com óbitos

Durante a Operação, foram registrados 28 acidentes, sendo 8 considerados graves. Ao todo, 36 pessoas ficaram feridas e 4 foram a óbito no local do acidente.

O primeiro, com duas mortes, aconteceu na manhã de sexta-feira (09), no km 205 da BR-262 em Ribas do Rio Pardo (MS), quando ocorreu uma colisão frontal entre uma caminhonete Nissan/Frontier com placas de Uberlândia (MG) e uma picape Fiat/Strada, placas de Belo Horizonte (MG). No local, o condutor, de 45 anos, e um passageiro, de 42, da Fiat/Strada foram a óbito. O motorista da caminhonete, de 22 anos, e outros dois passageiros da picape, de 37 e 39, foram socorridos com lesões graves.

O outro acidente foi registrado na tarde de segunda-feira (12), no km 191 da BR-163 em Caarapó (MS). Houve uma colisão frontal entre um Vw/Gol, placas de Guaíra (PR) e um caminhão Scania/T113, placas de Frederico Westphalen (RS). Na colisão, o motorista do Gol, de 23 anos, e uma passageira, de 20, morreram. Uma criança, de 03 anos, foi socorrida com ferimentos e levada ao hospital.

PUBLICIDADE