PUBLICIDADE

Morre homem que agrediu família a marteladas em Corumbá

Leonardo Cabral em 27 de Julho de 2020

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Após agredir vítimas, homem deu golpes de faca e tesoura contra si mesmo e morreu no pronto-socorro

Morreu na Santa Casa de Corumbá, Orlando Willian Lopes Ledezma, de 45 anos, que agrediu a esposa, o filho e a mãe a marteladas, na manhã desta segunda-feira, 27 de julho, na casa em que a família, que é de nacionalidade boliviana, mora na rua Antônio João, entre Colombo e Cabral, no Centro de Corumbá.

Diário Corumbaense apurou que depois de ele ter dado entrada no pronto-socorro, foi direto para a emergência, mas não resistiu aos ferimentos. Após agredir a família, ele pegou uma tesoura e faca e desferiu golpes contra si mesmo, causando ferimentos no tórax e abdômen. O homem ainda cortou o pescoço.

A reportagem também apurou que a mãe de Willian, Luz Mila Ledezma, que atua como médica em unidade de Saúde de Corumbá, está em estado muito grave no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Santa Casa.

Entenda o caso

Willan Lopes estava na residência, quando supostamente teve um surto psicótico e estaria sob efeito de drogas. Ele pegou um martelo e desferiu golpes contra a esposa, o filho de aproximadamente 10 anos e na mãe. A esposa e o filho do autor, aparentemente tinham ferimentos leves, apesar dos golpes de martelo.

Todas as vítimas foram levadas para o pronto-socorro pelo Corpo de Bombeiros e Serviço Móvel de Urgência e Emergência (SAMU). Equipe da Polícia Militar também esteve no local atendendo a ocorrência. A rua ficou interditada até as vítimas e o autor serem encaminhados para atendimento médico.

PUBLICIDADE