PUBLICIDADE

Suposta arma utilizada em triplo homicídio é apreendida no Nova Corumbá

Leonardo Cabral em 16 de Outubro de 2019

Divulgação/6º BPM

Arma estava em poder de indivíduo de 21 anos, que foi detido

A suposta arma de fogo utilizada no triplo homicídio, ocorrido no domingo, 13 de outubro, na fazenda Coqueiro, em Corumbá, foi apreendida pela equipe de Rádio Patrulha da Polícia Militar. O revólver, calibre 38, estava em posse de um indivíduo de 21 anos. 

Denúncia anônima levou os policiais até uma residência no bairro Nova Corumbá, por volta das 22h de terça-feira, 15 de outubro. Chegando no local, os pm’s se abordaram o suspeito e apreenderam a arma de fogo.  

O detido relatou ter comprado o revólver, que estava sem munição, por R$ 800,00 de outro rapaz. Ele e a arma foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil.

Ontem, equipes da Força Tática da Polícia Militar, da Polícia Civil e da ALI (Agência Local de Inteligência), prenderem Laudinir da Silva Penaz, de 34 anos, o "Corumbá", acusado de ser o autor do triplo homicídio. O homem que teria vendido a arma do crime, também foi preso. 

Laudinir matou Pedro Carlos Aquino, 45 anos; Jocemar Gonçalves dos Santos, de 36 anos; João Estevão Cáceres, de 50 anos e baleou Vinícius Schumacher de Lima, de 27 anos, que sobreviveu à chacina. Todos vieram da cidade de Guia Lopes da Laguna para fazer serviço de empreitada na fazenda arrendada. 

PUBLICIDADE