PUBLICIDADE

Incêndio em área próximo ao Aeroporto de Corumbá mobilizou bombeiros

Rosana Nunes em 30 de Julho de 2019

Divulgação/Bombeiros

Bombeiros levaram duas horas para controlar o fogo

A guarnição do Corpo de Bombeiros Militar de Corumbá combateu, às 14h de segunda-feira (29), incêndio em área de mata que fica atrás do Aeroporto Internacional, próximo a uma empresa de calcário. 

Os militares usaram abafadores, sopradores, bombas costais e 1.000 litros de água no combate às chamas que atingir uma grande área de difícil acesso. Foram duas horas de trabalho até o controle do fogo. 

Além desta ocorrência, no plantão das últimas 24 horas, o 3º Grupamento ainda teve que mobilizar as guarnições em mais dois incêndios em vegetação: em um terreno baldio no Guaicurus (parte alta da cidade) e em área que fica em frente à escola Caic, na saída para a fronteira com a Bolívia.  

Tempo seco

Nesse período do ano, de tempo seco, três fatores contribuem para o aumento das queimadas: baixa umidade do ar, vegetação seca e fortes ventos, por isso é importante que o lixo seja acondicionado de forma correta e não descartado em terrenos baldios.

Por isso as recomendações são: não colocar fogo sob hipótese nenhuma; criar aceiros nos terrenos, com limpeza da vegetação num espaço de 1,5 metro ao redor para evitar que incêndios vizinhos consigam se propagar; recolher as folhas secas em sacos de lixo; e não jogar bitucas de cigarro em locais onde há vegetação que possa servir de combustível.

Ao atear fogo em vegetação ou mata, a pessoa poderá ser enquadrada por crime ambiental, tanto com base em legislações federais quanto em regulamentos estaduais e municipais e ainda fica sujeito a multa, que varia de uma a cem Uferms (Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul), que é de R$ 28,59 a unidade.

A população deve denunciar essas ações, caso saiba quem são os autores. O telefone da PMA (Polícia Militar Ambiental) é o (67) 3907-5461.

PUBLICIDADE