PUBLICIDADE

Familiares identificam corpo encontrado decapitado no bairro Aeroporto

Leonardo Cabral em 03 de Fevereiro de 2019

Leonardo Cabral/Diário Corumbaense

Corpo foi encontrado em uma área de morraria, de difícil acesso

Identificado como Gerson Surubi Arteaga, de 24 anos, o homem encontrado decapitado no final da manhã de sábado, 02 de fevereiro, em um morro, área de difícil acesso, localizado no final da rua Alan Kardec, esquina com a Duque de Caxias, no bairro Aeroporto. A cabeça da vítima estava a alguns metros do corpo.

A esposa de um rapaz de 23 anos, que mora próximo ao local, é quem encontrou o corpo. Ela havia saído para catar lenha e encontrou a vítima caída sobre uma pedra. “Ela estava com meu filho e quando viu o homem caído veio me avisar. Eu tinha acabado de chegar do mercado, quando resolvi ir até lá. Chegando perto pensei que ele estava bêbado e o chamei para que se levantasse, mas como não respondeu, andei mais um pouco e ao vê-lo, percebi que estava morto e sem a cabeça”, contou o morador 

Reprodução/ Facebook

Gerson morava no bairro Cristo Redentor, parte alta da cidade

Equipes da Polícia Militar e Perícia da Polícia Civil foram acionadas e os peritos encontraram próximo ao corpo uma faca, provavelmente utilizada para decapitar a vítima, que vestia camiseta branca estampada com marca (MDC), short jeans e um tênis sem meia. Nenhum documento foi encontrado para identificação do rapaz, que ainda estava com as mãos amarradas para trás.

O corpo foi levado para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL) e foi reconhecido por familiares já na noite de sábado. 

A execução foi filmada. Um vídeo circula em grupos de WhatsApp, onde é possível ver pelo menos quatro indivíduos encapuzados participando do crime bárbaro. A Polícia Civil investiga o que motivou tamanha crueldade e tenta chegar à identificação dos envolvidos. (matéria editada para acréscimo de informação)

PUBLICIDADE