PUBLICIDADE

Drenagem impediu que enxurrada também atingisse bairro Padre Ernesto e Conjunto Tiradentes

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 15 de Janeiro de 2021

Gisele Ribeiro/PMC

Drenagem e pavimentação no Conjunto Tiradentes

Os transtornos provocados pela forte chuva da última quarta-feira, 13 de janeiro, só não foram sentidos em outras regiões de Corumbá por causa do serviço de drenagem e pavimentação executado pela Prefeitura. Só entre o final de 2017 e dezembro de 2020, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos implantou 21.845,15 metros lineares de drenagem em toda cidade.

A quantidade é três vezes maior do que foi realizado entre 2013 e 2016, por exemplo, que totalizou 7.347,26 metros. Após assegurar que as águas pluviais teriam como escoar sem prejudicar as casas da região, o Executivo municipal pavimentou 255.520,66 metros de ruas em diversas partes do município até o ano passado. Entre 2013 e 2016, haviam sido 136.221,78 m² de pavimentação.

Boa parte desses serviços foi realizada no bairro Padre Ernesto Sassida e no Conjunto Tiradentes, localizado no bairro do Aeroporto. Graças a esses investimentos, as famílias dessas localidades não passaram pelo mesmo drama vivido nessa semana pelos moradores do Cristo Redentor e do Cravo Vermelho, onde as obras já foram iniciadas e devem ser concluídas no próximo ano.

Gisele Ribeiro/PMC/Arquivo

Drenagem no bairro Padre Ernesto Sassida

No Padre Ernesto, uma parceria entre a Prefeitura de Corumbá e o Governo do Estado viabilizou a drenagem e pavimentação de 100% do bairro. Neste período de chuvas, nenhuma ocorrência de maior gravidade foi registrada no local. Só na Avenida Nossa Senhora das Mercês, a principal do bairro, os serviços de micro e macro drenagem totalizaram 2.670 metros lineares, além de 1.620 metros de drenagem do lençol freático. No bairro, o sistema de drenagem de águas pluviais tem uma rede de 2.040 metros.

Na região Norte de Corumbá, onde está localizado no Conjunto Tiradentes, a Prefeitura implantou 3.396 metros lineares de drenagem de águas pluviais em tubos de concreto e implantou a pavimentação asfáltica de 48.447 metros quadrados. Os serviços beneficiaram 35 quadras, inclusive nos bairros Aeroporto e Dom Bosco, e impediram que a chuva provocassem maiores danos aos munícipes.

Parte Alta

A macrodrenagem feita pela Prefeitura em diversos pontos da parte alta de Corumbá também mudou para melhor a vida dos moradores dos bairros Jardim dos Estados, Popular Nova, Nossas Senhora de Fátima e adjacências, onde os problemas com alagamentos eram constantes.

A implantação de drenagem e pavimentação asfáltica no perímetro da rua Paraná, entre ruas Marechal Deodoro e Marechal Floriano, passando pelas alamedas da Pátria e Santo Antônio e rua Minas Gerais, garantiu um escoamento tranquilo da chuva, apesar do grande volume em pouco tempo.

Os serviços ali foram realizados com recursos do Município, provenientes do financiamento do Fonplata. O mesmo aconteceu nas ruas Minas Gerais e na Dom Pedro II, que também receberam um amplo serviço de drenagem, essencial neste período chuvoso. 

PUBLICIDADE