PUBLICIDADE

Saúde de Corumbá recebe carro fumacê, "carrocinha" e ambulância

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 13 de Fevereiro de 2020

Renê Marcio Carneiro/PMC

Veículo "carrocinha" e ambulância que reforçam ações da Saúde do Município

A Secretaria Municipal de Saúde realizou a entrega de um Fiat Ducato, adaptado para transporte de animais, conhecido popularmente como carrocinha, para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), e uma ambulância tipo básica, que será utilizada para transferências, apoio a eventos e remoção de pacientes.

“Essa carrocinha melhorará nosso fluxo de trabalho, será utilizada somente pelo canil. Assim as outras duas ficarão disponíveis para a zona rural e outra para os serviços emergenciais”, disse a veterinária e coordenadora do CCZ, Walkíria Arruda.

“A necessidade de novos carros para compor a frota da saúde foi identificada no início da nossa gestão. Com planejamento, conseguimos suprir gradativamente. Hoje estamos entregando estes dois veículos que terão muita serventia para os profissionais e pacientes do nosso município”, explicou o secretário de Saúde, Rogério Leite. 

O prefeito Marcelo Iunes ressaltou que “são dois veículos importantes para a Saúde, que farão diferença no dia a dia. Nossa gestão adquiriu 6 ambulâncias, por meio de convênio ou recurso próprio, algumas destinadas ao Samu e outras para a Secretaria realizar o transporte de pacientes intermunicipal ou dentro do município”. Os veículos foram adquiridos por meio de convênio com o Governo Federal.

Em 2019, somente na saúde, foram adquiridos 6 veículos, entre eles um Grand Siena, destinado para a Vigilância em Saúde; uma van Mercedes-Benz, tipo Sprinter, com 16 lugares, para o Caps II; uma Ducato e uma ambulância para o Samu. Foram utilizados recursos municipal, estadual e federal.

Fumacê

A Secretaria Municipal de Saúde de Corumbá recebeu um carro fumacê do Governo do Estado para reforçar o combate ao Aedes aegypti. Com o novo veículo, que foi cedido por tempo indeterminado, serão três carros em atuação nos bairros em que há maior incidência de casos suspeitos e notificados de dengue, zika e chikungunya. O Estado também enviou 2.800 litros de inseticida desde o início do ano. 

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde Estadual, Mato Grosso do Sul totaliza mais de 12 mil notificações, com 48 municípios com alta incidência. Em Corumbá, há 1.700 casos suspeitos notificados e 140 casos confirmados pelo Laboratório Central do Estado. Duas pessoas morreram por consequência da dengue este ano.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta que a população deixe portas e janelas abertas quando o veículo do fumacê passar pela rua. Assim, as gotículas do inseticida chegarão até o interior da residência, onde normalmente o Aedes aegypti se abriga.

Renê Marcio Carneiro/PMC

Carro Fumacê enviado pelo Estado para combate ao Aedes aegypti

PUBLICIDADE