Secretário ratifica proposta salarial no dia 15 de junho e Simted suspende greve

Rosana Nunes em 18 de Maio de 2018

Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense

Professores em assembleia na manhã desta sexta-feira na sede do Simted

A presidente do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) de Corumbá, Raquel do Prado, informou ao Diário Corumbaense no final da tarde desta sexta-feira (18), que a greve iniciada nesta manhã, com previsão de término no dia 31 de maio, está suspensa e na segunda-feira (21) os professores que aderiram à paralisação voltam para as salas de aula. 

Embora o movimento tenha tido pouca adesão - apenas 5 de 35 unidades municipais de ensino pararam -, a dirigente sindical considerou positiva a mobilização porque houve o compromisso da Prefeitura de, no dia 15 de junho, apresentar uma proposta de reajuste salarial para a categoria.

"Em nossa assembleia pela manhã, decidimos encaminhar ao secretário de Educação (Genilson Canavarro de Abreu) documento em que se comprometesse que no próximo dia 15, o Município vai sinalizar com uma proposta e ele nos respondeu à tarde, dando essa garantia formalmente, sendo assim, decidimos suspender a greve", afirmou Raquel ao ressaltar que antes, não havia essa posição oficial. 

Por sua vez, o secretário de Educação disse a este Diário que no documento enviado ao Simted apenas ratificou, com anuência do prefeito Marcelo Iunes, o que já estava negociado com o sindicato, de apresentar até o dia 15 de junho, a proposta de reajuste. “Esse foi o prazo acertado, então, não havia razão para a paralisação porque a negociação está em andamento, nunca fechamos as portas", enfatizou Genilson Canavarro.

Os trabalhadores da Rede Municipal de Ensino reivindicam que o abono de 7,64%, concedido em 2017, seja incorporado ao salário e, o pagamento do piso nacional de 6,81%. 

A Reme de Corumbá tem em torno de 1.600 professores e funcionários administrativos. São mais de 10 mil alunos atendidos pelas creches e pelo ensino fundamental (1º ao 9º anos).

 

PUBLICIDADE