Secretaria de Educação diz que escolas da Reme terão aula normal na segunda-feira

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 23 de Junho de 2018

A Secretaria Municipal de Educação informa que as aulas na Rede Municipal de Ensino (REME) acontecerão normalmente na segunda-feira, 25 de junho. A adesão ao movimento grevista, proposto pelo Sindicato que representa os professores, já é menor, segundo o Município.

De um total de 35 escolas, três unidades de ensino da área urbana (CAIC, José de Souza Damy e Djalma Sampaio Brasil), duas rurais (Paiolzinho e Monte Azul) e uma creche (Valódia Serra) continuam com a mobilização. As demais estarão funcionando normalmente, mas com alguns professores ausentes.

O Município entende que a adesão à mobilização dos professores foi pequena pelo fato de os profissionais de Educação terem compreendido o momento difícil pelo qual passa o cenário econômico nacional, que vem comprometendo sensivelmente a questão financeira dos municípios brasileiros. Corumbá sente os reflexos com queda nos repasses e arrecadação. A situação foi agravada pela paralisação nacional vivida em meados de maio que afetou todos os setores econômicos.

O Executivo Municipal reforça que segue aberto ao diálogo com a classe e já apresentou proposta à categoria. Proposta esta que segue em vigor.

O Município propôs aos professores 2,95% de reajuste para o mês de setembro, que é a inflação e possibilidade de pagamento do retroativo referente à data base; continuação do abono, até encerramento das negociações desse ano. Também propôs para o dia 20 de setembro, reunião para verificação da situação financeira com as medidas tomadas e diminuição do índice da folha e negociação da incorporação da inflação de 2016 de 6,29% e a criação de uma comissão que avaliará a situação salarial dos professores e administrativos, objetivando criação de um plano de recuperação salarial, de acordo com o piso nacional, com participação efetiva dos representantes.

A Secretaria de Educação está adotando medidas, determinadas pelo Executivo Municipal, para garantir o cumprimento da proposta apresentada para a categoria no dia 15 de junho. Com o decreto n° 1985, de 08 de junho de 2018, o Município estabeleceu medidas de preservação do equilíbrio das contas públicas, contenção, redução e controle de gastos e instituição da Comissão de Controle Financeiro (COFIN).  Medidas administrativas e financeiras do Executivo Municipal – como redução com despesas de pessoal – estão sendo adotadas para proporcionar o enquadramento aos índices estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. 

 

PUBLICIDADE