PUBLICIDADE

Shorts assimétricos são opções para enfrentar calor corumbaense

Camila Cavalcante em 30 de Outubro de 2013

Há alguns anos a febre era usar o short saia por todo o canto. A moda foi tamanha, que algumas escolas de Corumbá também aderiram. Mas, o tempo passou e os modelos foram deixados de lado. Agora, ressurgiram com tudo no cenário. As peças estão de volta com uma releitura bem moderna. A assimetria, que significa que possuir lados diferentes, é o que dá um ar moderno às peças, colocando-as em todos os cenários de uso: dia e noite.

As peças proporcionam o conforto do short, com a elegância da saia. Se olhadas por trás, aparentam ser um short normal, já de frente uma saia com duas pontas sobrepostas.

Divulgação/Tahani Modas

Peças estampadas são opções em alta

A ideia da saia na frente dá diversidade às peças que podem ser usadas com regatas, camisetas, batas, coletes ou até mesmo com os famosos blazers. A combinação depende da ocasião. Para situações mais informais, as regatas são básicas, para look mais incrementado, peças mais sóbrias, com cores neutras, como as camisas, os blazers e os coletes, compõe perfeitamente a vestimenta.

Atenção

Cores: os shorts assimétricos de cores neutras são os mais indicados e fácil combinação e pedem cores fortes na parte de cima. Os de cores preta e branca são a tendência do momento, mas há a possibilidade de diversificar com outros tons como amarelo e azul marinho e as famosas peças estampadas que também estão em alta.

Sapatos: essas peças aceitam todas as combinações, desde a rasteirinha, até as peças de salto. O que vale é a dica de sempre: bom senso.

Quadril largo, bumbum largo e pernas não cuidadas: a dica é que mulheres com esse aspecto corporal devem evitar o uso das peças, pois, elas chamam a atenção para a parte de baixo do corpo, o que acaba desvalorizando a mulher.

Mais cheinhas: o indicado são os shorts de cores escuras, combinando-os com peças que tenham algum detalhe interessante na parte superior, como cores chamativas, textura, decote, maxi colar ou ombros volumosos, assim, a atenção é dividida com o corte do short e o adereço da parte de cima, dando um equilíbrio.

Comprimento: a dica é experimentar antes de comprar, pois o ideal é que as pontas (a barra do short) alcancem 1/3 das coxas. É só medir do quadril ao joelho. Com informações, Passarela Teen; Por trás do armário; Vila Mulher; Bolsa de Mulher; Capricho e Culturamix.

PUBLICIDADE