PUBLICIDADE

Prefeitura vai pagar 1/3 de férias dos professores junto com salário de dezembro

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 14 de Dezembro de 2021

Renê Marcio Carneiro/Arquivo PMC

Pagamento está programado para 28 de dezembro

Todos os 985 profissionais de educação da Rede Municipal de Ensino de Corumbá (Reme) vão receber o 1/3 de férias juntamente com o salário de dezembro, programado para ser liberado no próximo dia 28 para todos os servidores ativos, pensionistas e aposentados. Essa é a primeira vez que a Prefeitura de Corumbá antecipa o pagamento do benefício dos professores para antes do mês de janeiro.

“É uma forma que encontramos de prestigiar nossos professores, que apesar de todas as dificuldades impostas pela pandemia ao longo de quase 2 anos, não mediram esforços para desempenhar sua principal missão, que é ensinar nossas crianças”, afirmou o prefeito Marcelo Iunes.

Ele observou ainda que a antecipação do direito trabalhista favorece o comércio local e permite que os educadores planejem seu descanso com maior segurança. “Isso só foi possível graças ao planejamento que fizemos e seguimos ao longo de todo ano”, prosseguiu o prefeito.

“Mesmo nos momentos em que a economia mundial sentiu os piores efeitos da pandemia de Covid-19, nós não atrasamos em um dia sequer o pagamento dos servidores públicos de Corumbá. E fizemos isso sem paralisar obras e os serviços essenciais à população”, finalizou Iunes.

“Além das melhorias em estruturas físicas com reformas de unidades escolares, aquisição de veículo para transporte de merenda, entre outras ações, fica claro o investimento também na parte de pessoal, com processos seletivos, capacitações e, agora, o pagamento antecipado, reconhecendo o papel determinante do profissional da Educação em nossa sociedade”, destacou o secretário municipal de Educação, Genilson Canavarro de Abreu.

A Secretaria Municipal de Educação esclareceu ainda que 331 professores contratados que têm direto ao benefício vão receber, também no dia 28 de dezembro, o proporcional aos 17 dias trabalhados neste mês, além da indenização dos dias de férias devidos.

PUBLICIDADE