PUBLICIDADE

Brasileiro é procurado por envolvimento na morte de jovem boliviana

Leonardo Cabral em 17 de Agosto de 2021

Reprodução/El Deber

Marilyn Blanco, de 24 anos, foi morta e teve o corpo enterrado na cidade de Porongo

A Força Especial de Combate à Violência (Felcv) concentra investigações na busca de um brasileiro acusado de envolvimento no assassinato de Marilyn Blanco, de 24 anos. O corpo dela foi encontrado em uma estrada do município de Porongo. A identidade do fugitivo permanece reservada para não prejudicar o trabalho de investigação.

O diretor da Felcv, coronel José María Velasco, disse que está em contato com autoridades brasileiras sobre a ficha criminal do homem procurado. “Foi identificado um cidadão brasileiro e já trocamos informações com o país vizinho para ver os antecedentes”, afirmou.

Ele ainda explicou que as investigações continuam e que o namorado da vítima, Mick Ever Castedo, foi preso, acusado de ser o autor intelectual do crime. Outro envolvido, Helmu Coímbra Molina, que é motorista de Castedo, também foi preso, sendo ambos acusados ​​do crime de feminicídio. Mick Ever tem antecedentes criminais por tráfico de substâncias controladas, e ainda tráfico de pessoas, nos Estados Unidos, país onde viveu.

A morte

O corpo de Marilyn Blanco foi encontrado enterrado em Porongo, perto de Santa Cruz de la Sierra. A jovem morreu por asfixia mecânica devido à obstrução das vias aéreas e trauma.

Alguns membros foram amputados, o que atrasou a identificação da vítima. Somente na quinta-feira, 12 de agosto, quase uma semana depois, os pais de Marilyn conseguiram identificar o corpo pelas tatuagens que ela tinha. 

Com informações do jornal El Deber.

PUBLICIDADE