PUBLICIDADE

Família oferece recompensa por informações que levem a menino desaparecido

Leonardo Cabral em 18 de Fevereiro de 2021

Divulgação

Fernando está desaparecido desde a manhã de quarta-feira

Desesperados em busca de qualquer informação sobre o paradeiro de Fernando Henrique Santos Pereira, de 11 anos, familiares se uniram e estão oferecendo recompensa no valor de R$ 500,00, para quem souber de alguma pista que leve até o menino. 

Prima do pai do garoto, Elizandra Marinho disse ao Diário Corumbaense que toda a família está empenhada, realizando buscas por Fernando, que foi visto pela última vez, na manhã de quarta-feira (17) em frente a uma padaria, no bairro Aeroporto.

“Estamos oferecendo esse valor para quem souber de alguma informação que possa levar até o Fernando. Todos nós estamos desesperados e  saindo pelas ruas para procurá-lo. Cartazes com foto e telefones de contato estamos pregando nas ruas”, contou Elizandra.

Ela ainda relatou que uma pessoa entrou em contato pelas redes sociais e disse que supostamente viu uma criança, por volta das 08h desta quinta, que poderia ser Fernando, na companhia de um homem, moreno, de aproximadamente 1,78 de altura, próximo a um atacado, no bairro Popular Velha. A criança parecia estar desesperada, segundo a pessoa.

Reprodução Facebook

Tia do menino publicou mensagem com oferta de recompensa no valor de R$ 500,00

A mensagem sobre a recompensa foi publicada pela família de Fernando Henrique, nas redes sociais. Na página do Facebook, Elizandra escreveu em parte da mensagem: “Ofereço 500 reais de recompensa para quem relatar, onde está Fernandinho, não precisa se identificar”. O telefone de contato de Elizandra é (67) 99873-6763.

Desde o desaparecimento, imagens de Fernando Henrique estão viralizando nas redes sociais. Pessoas estão compartilhando, pedindo informações e até formando grupos de buscas. 

Foi visto na frente da padaria

A última vez que Fernando foi visto, foi em frente a uma padaria, na rua Gonçalves Dias, bairro Aeroporto, onde mora com a mãe, Cristiane Santos Lima Pereira, de 43 anos. Ele tinha ido comprar pão e salame, o que seria uma rotina quase diária dele.

Uma atendente da padaria disse que viu o menino na porta, mas ele não entrou no estabelecimento. Com a chegada de clientes, ela foi atender e quando percebeu, Fernando não estava mais no local. Desde então, não há mais notícias sobre o garoto. 

Quem souber de qualquer informação, também pode entrar em contato com a Delegacia de Polícia Civil pelo número 3234-7100 e Polícia Militar, pelo 190. 

PUBLICIDADE