PUBLICIDADE

Secretaria de Saúde lança campanha de combate à Dengue, Zika e Chikungunya em MS

Portal de Notícias do Governo de MS em 11 de Novembro de 2020

O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado, lança nesta quarta-feira (11), a Campanha de Mobilização de Combate à Dengue, Chikungunya e Zika. Com o tema "Aproveite a Quarentena e Limpe seu Quintal!", diversas ações estão programadas para este mês como webnários e o lançamento da produção da Biofábrica. No dia 21 de novembro, acontecerá o Dia “D” de combate à Dengue, Chikungunya e Zika no Estado.

Segundo o secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende, a população não deve se descuidar do Aedes aegypti. “É preciso lembrar que a dengue tem feito vítimas em nosso Estado, por isso o lançamento desta campanha. Os cuidados devem continuar e as propostas do Dia D, assim como as demais ações, são muito importantes para a conscientização da comunidade. Não podemos baixar a guarda. Vamos aproveitar que muitas pessoas estão ficando em casa por conta da pandemia da covid-19, para intensificar a guerra contra o mosquito”.

O diretor de Saúde e Assessor Técnico do Corpo de Bombeiros Militar na SES, coronel Marcello Fraiha, informa que militares da Capital e do interior serão mobilizados para ajudar na campanha de conscientização. “No Dia D, os militares participarão de ações que serão desenvolvidas em Campo Grande, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), e em cidades do interior do Estado”.

A SES tem mantido contato constante com os municípios para dar suporte técnico no enfrentamento ao Aedes aegypti. Conforme o coordenador Estadual de Controle de Vetores da SES, Rafael Rodrigues Silva, diversas reuniões de caráter técnico estão sendo realizadas com os municípios. “As reuniões, por meio de videoconferência com os 79 municípios, servem para uniformizar as ações de combate ao Aedes aegypti e traçarmos novas estratégias para novo período epidêmico que se aproxima”, destaca o coordenador.

Foi pactuado para que os municípios façam um Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa) em novembro. A SES comprou 400 equipamentos novos como bombas para borrifação utilizadas pelos municípios, sendo 200 UBV Costal Motorizado, 200 bombas de pressão prévia e 20 de UBV pesado, que foram adquiridas e serão entregues pela SES. O valor do investimento foi de R$ 2.102.480,00 do Fundo Especial de Saúde.

O Plano de Contingência para Arboviroses Transmitidas pelo Aedes aegypti do Estado de Mato Grosso do Sul, elaborado pela Secretaria de Estado de Saúde, foi aprovado pelos municípios neste ano e vale até 2022.

Dengue

Anderson Gallo/Arquivo Diário Corumbaense

População precisa colaborar, mantendo os quintais limpos

A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que também é responsável por transmitir duas graves enfermidades: a Zika e a Febre do Chikungunya. Para controlar a proliferação do mosquito é preciso evitar água parada, em qualquer época do ano, mantendo bem tampado tonéis, caixas e barris de água, caixas d’agua; acondicionar pneus em locais cobertos; remover galhos e folhas de calhas; não deixar água acumulada sobre a laje; encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana e fazer sempre a manutenção de piscinas.

Além disso, é importante trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana; colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas; fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais; manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo; tampar ralos; catar sacos plásticos e lixo do quintal, entre outras medidas que impeçam o acúmulo de água e de sujeiras.

Veja as outras ações:

- 21 de novembro, às 08 horas, acontece o ‘Dia D de mobilização no combate à Dengue, Zica e Chikungunya’. O evento terá apoio do Corpo de Bombeiros Militar e de agentes de endemias da Sesau, em Campo Grande. Além de ações em cidades do interior como: Dourados, Corumbá, ponta Porã, Três lagoas, Aquidauna, Anastácio, Jardim, Bonito, Nova Andradina, Paranaíba, Coxim, Naviraí, chapadão do Sul, Caarapó, Fátima do Sul, Ivinhema, Mundo Novo, Maracaju, Porto Murtinho, Aparecida do Taboado, Amambai, Bataguassu e Costa Rica.

- 23 de novembro, às 08 horas, no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), acontece o início da produção do Wolbachia, na Biofábrica. O evento conta com o apoio do Ministério da Saúde, Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande, Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e da Fiocruz. O secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende, pretende ampliar este projeto para os municípios de Corumbá, Dourados e Ponta Porã.

- 26 de novembro, às 08 horas, acontece o Mutirão de limpeza do Parque dos Poderes.

- 27 de novembro, às 09 horas, a Frente Parlamentar do Enfrentamento a Tríplice Epidemia, da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, realiza o Lançamento do Jogo Neighbor Hero, relacionado a prevenção ao mosquito do Aedes aegypti. O evento acontecerá com a presença da secretária-adjunta da SES, Crhistinne Maymone, acompanhada pelo diretor de Saúde e Assessor Técnico do Corpo de Bombeiros Militar na SES, coronel Marcello Fraiha.

E ainda como parte da programação: No dia 10 de dezembro, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, participa da inauguração da Biofábrica, no Lacen. E da soltura do mosquito a ser realizada em um bairro de Campo Grande.

Webnário

A Secretaria de Estado de Saúde realiza ainda quatro webnários. Os interessados podem se inscrever no site do Telessaúde.

- 17 de novembro, às 14h30, acontece a web: ‘Fluxo de Epidemia, Lacen e Vetores da Dengue, Zika e Chikungunya’, ministrada pela gerente de Doenças Endêmicas da SES, Jéssica Klener.

- 18 de novembro, às 14h30, acontece a web: ‘Panorama Estadual e recomendação das ações aos municípios’, ministrado pelo coordenador Estadual de Controle de Vetores da SES, Rafael Rodrigues Silva. O evento será destinado aos 79 secretários municipais de saúde do Estado.

- 19 de novembro, às 14h30, acontece a web: ‘Automedicação relacionados à Dengue, Zica e Chikungunya’, ministrado pelo gerente Técnico de Medicamentos da SES, Adam Macedo Adami.

- 24 de novembro, às 14h30, acontece a web: ‘Manejo clínico da Dengue, ministrada pela gerente de Doenças Endêmicas da SES, Jéssica Klener.

- 27 de novembro, às 14h30, acontece a web: ´Dengue, Zika e Chikungunya e os desafios enfrentados no momento da pandemia, ministrada pela gerente de Doenças Endêmicas da SES, Jéssica Klener.

PUBLICIDADE