PUBLICIDADE

Mulher se recusa a usar máscara ao entrar em delegacia, desacata policial e arremessa pedra em porta

Leonardo Cabral em 14 de Junho de 2020

Mulher de 37 anos, que se recusava a usar máscara, item obrigatório em Corumbá, por conta da pandemia do novo coronavírus, foi detida por desacato e dano qualificado ao patrimônio público durante confusão provocada por ela na Delegacia de Polícia Civil, na tarde de sábado, 13 de junho.

Conforme o investigador plantonista, a mulher entrou na delegacia sem o protetor facial e pediu para que ela usasse. Em resposta, a acusada falou que não usava máscaras, pois era diferente de policiais como o investigador, que "matam e colocam máscaras". A mulher ainda falou: “você pensa que eu não sei o que vocês fazem com os outros e por isso que você usa máscara?”.

O investigador pediu para que ela saísse do local, pois não a atenderia sem a máscara. Ele ainda notou que a mulher carregava em uma das mãos, uma pedra e ao se virar, escutou um estrondo, tipo disparo de arma de fogo. Era a mulher que havia arremessado a pedra na vidraça da porta da delegacia.

O policial civil deu voz de prisão à mulher, que gritava pedindo socorro para pessoas que passavam pela rua. Para ser contida, uma policial militar que estava na delegacia, junto com uma equipe da PM, deteve a autora e ela foi autuada em flagrante.

PUBLICIDADE