PUBLICIDADE

Grupos literários de Corumbá agora contam com "Sala do Poeta" na Casa Dr. Gabi

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 01 de Outubro de 2019

Renê Marcio Carneiro/PMC

Inauguração da Sala do Poeta, ontem

Inaugurada na noite de segunda-feira, a Sala do Poeta, espaço dedicado aos grupos literários de Corumbá. A sala fica na Casa do Doutor Gabi, jornalista e poeta trovador, membro da Academia Mato-grossense de Letras, ocupante da cadeira nº 12, patrocinada pelo chefe-de-esquadra Antônio Cláudio Soído.

O corumbaense Gabriel Vandoni de Barros também foi membro da Academia Corumbaense de Letras, na qual ocupou a cadeira nº 20, patrocinada por Joaquim Eugênio Gomes da Silva. “Esse é um pedido antigo dos poetas e escritores da nossa cidade e que estamos muito felizes por conseguir atendê-los”, comentou o prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, que ainda destacou a importância do Museu Municipal Casa do Dr. Gabi – Espaço de Memória para o fomento e a preservação da cultura local.

O diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá, Joílson da Cruz, também ressaltou o valor da Sala do Poeta para os literários de Corumbá. “A Sala do Poeta compõe perfeitamente o museu Casa do Dr. Gabi, afinal, o doutor Gabriel Vandoni de Barros somava ao seu vasto currículo os seus dons literários”, reforçou Joílson, lembrando inclusive que muitos dos livros do Dr. Gabi foram doados e formam o acervo de uma biblioteca pública estadual batizada com o seu nome.

A inauguração da Sala do Poeta contou ainda com a participação dos vereadores José Tadeu Vieira e Manoel Rodrigues, que representaram a Câmara de Vereadores, da presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Corumbá, Lívia Galharte Gaertner, e de vários escritores e poetas da região.

Dr. Gabi

O fascínio do dr. Gabriel Vandoni de Barros por Dom Quixote de la Mancha, o cavaleiro que enlouquecido pelas leituras, transpôs a sua mente e tomou conta da sua casa e das suas ações benfeitoras. Assim, a ideia de montar-se neste “espaço de memória” uma sala dedicada aos movimentos literários corumbaenses, acaba sendo a melhor alternativa.

Essa não é uma sala que servirá e lembrará apenas o “poeta” Gabriel Vandoni de Barros, mas sim um espaço que existirá para todos os escritores de Corumbá e seus escritos, seus frutos e suas obras.

Nesses três anos de existência, a Casa do Dr. Gabi já abrigou vários lançamentos de livros. Com a inauguração da sala do poeta, a Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico, espera que os movimentos literários se fortaleçam e muitas outras obras sejam publicadas.

PUBLICIDADE