PUBLICIDADE

Em Corumbá, Exército cria disque denúncia para combater crimes transfronteiriços

Leonardo Cabral em 24 de Setembro de 2019

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Exército já vem participando de ações conjuntas na região de fronteira

O Exército Brasileiro, por meio da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira Ricardo Franco, criou uma ferramenta para combater crimes transfronteiriços. O “Disque Denúncia” já está disponível para os moradores de Corumbá e Ladário.

A intenção da instituição militar é reforçar a segurança em Corumbá, considerada corredor para o tráfico de drogas, armas e até mesmo pessoas, entre outros ilícitos, já que fica localizada na fronteira com a Bolívia, país de onde parte grande quantidade desses ilícitos, que tem como destino cidades brasileiras, principalmente no Rio de Janeiro e São Paulo.

O objetivo é que cada cidadão, ao tomar conhecimento da prática de ilícitos, faça a denúncia com sigilo absoluto e sem precisar se identificar. O número é o 0800 258 0006. Nele, podem ser denunciados tráfico de drogas, armas e munições, roubos de carros e outros ilícitos. 

Pelo mesmo número é possível denunciar também crimes ambientais como desmatamento e incêndios provocados. 

A assessoria de comunicação do Exército lembra que cidades como Corumbá, pela sua localização geográfica, se tornam interessantes para o crime organizado, já que possuem um bom acesso físico aos países fronteiriços e boas estadas de escoamento para o resto do Brasil. 

Por isso, a instituição capacita seus soldados e em Corumbá são formados os militares especialistas em atuar na defesa do Pantanal. Em união com outros Órgãos de Segurança Pública (OSP), tem participado de ações de combate aos delitos transfronteiriços e ambientais.

Com informações da assessoria de comunicação da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira. 

PUBLICIDADE