PUBLICIDADE

Após investigação conjunta, pai que fugiu com a filha de Rondônia é preso em Corumbá

Leonardo Cabral em 12 de Setembro de 2019

Enviada por leitor ao Diário Corumbaense

Willians foi preso em um casa no bairro Maria Leite, na companhia da mãe dele e da filha

Ação conjunta do Serviço de Inteligência da Polícia Civil de Presidente Prudente/SP, Agência de Inteligência da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul e equipe da Força Tática da PM de Corumbá, prendeu no final da manhã desta quinta-feira, 12 de setembro, no bairro Maria Leite, Willians Venâncio Dolens, de 39 anos. Ele é acusado de ter levado a filha de um ano, Mariah Maitê, sem a permissão da mãe.

Willians teve o mandado de prisão preventiva da 1ª Vara Genérica de Espigão D'Oeste/Rondônia, expedido no dia 23 de abril deste ano, quando fugiu com a filha ainda de colo. A mãe da menina, denunciou o caso e desde então, ele era procurado pela Polícia.

Na casa alugada onde Willians foi preso, estava com a mãe dele, de 67 anos, e a criança. Ela também foi detida e encaminhada, junto com o filho, à 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá. Segundo informações, Willians e a mãe, estavam na cidade com a criança há cerca de duas semanas. 

Enviada por leitor ao Diário Corumbaense

Menina foi levada ao Conselho Tutelar e em seguida ao Abrigo Municipal

Uma equipe do Conselho Tutelar foi acionada para encaminhar a menina, que conforme o boletim de ocorrência 3397/2019, ao Abrigo Municipal, ficando aos cuidados da conselheira responsável pelo caso. 

O caso

A mãe da criança, identificada como Elza Carolyne Albuquerque, em entrevista ao Fronteira Notícias 2ª Edição, afiliada da Rede Globo, informou que morava com o marido e a filha em uma fazenda em Espigão D'Oeste/RO. Ela relatou que no domingo, após a Páscoa, chamou o marido e disse que queria se separar, pois ele era muito agressivo e já havia sofrido violência física. 

Reprodução/Jornal Fronteira Notícias

Willians alugou uma casa em Corumbá e estava na cidade há cerca de duas semanas

Ele se negou a se separar e no dia 23 de abril, fugiu com a filha, que na época estava com oito meses de idade, sem deixar nenhuma pista. Por conta da situação, a mãe deixou a fazenda e caminhou cerca de 21 km até conseguir pegar uma carona e chegar na delegacia daquela cidade, onde denunciou o caso.

Um juiz concedeu a guarda da criança para Elza Carolyne e também uma medida protetiva contra Willians, que teve o mandado de prisão expedido pela Justiça. Ele passou a ser procurado por todo o território nacional e acabou preso nesta quinta-feira em Corumbá.

PUBLICIDADE