PUBLICIDADE

Motorista de carro fica preso às ferragens em acidente com caminhonete

Leonardo Cabral em 12 de Junho de 2019

Divulgação

Condutor brasileiro ficou preso às ferragens após colisão frontal

Colisão frontal entre uma caminhonete, com placas da Bolívia e um carro, placas do Brasil, deixou quatro feridos, sendo três bolivianos de 58, 25 e 26 anos e um brasileiro de 69 anos, morador do assentamento Tamarineiro, que conduzia automóvel, modelo Gol. O acidente aconteceu às 11h15 desta quarta-feira, 12 de junho, no trecho da BR-262 no bairro Aeroporto, próximo a Agesa (Armazéns Gerais Alfandegados).

O Diário Corumbaense apurou que o brasileiro estava consciente e apresentava fratura exposta na perna direita, fraturas no braço direito, a nas costelas, um corte no rosto na altura do queixo e suspeita de trauma no tórax. No impacto, ele ficou preso às ferragens, e foi preciso o Corpo de Bombeiros Militar utilizar ferramenta de corte. Depois de resgatada, a vítima foi removida ao pronto-socorro pela equipe do Serviço de Atendimento de Urgência e Emergência (SAMU).

Já o motorista boliviano da caminhonete, de 58 anos, sofreu escoriações nos braços e reclamava de fortes dores no tórax. O passageiro do carro estrangeiro de 25 anos, estava consciente com escoriações nos braços e rosto. O outro boliviano, de 26 anos, apresentava escoriações nos braços e suspeita de fratura no braço direito.

Os bolivianos também foram levados para o pronto-socorro para avaliação médica. Relatos de testemunhas, informaram que a caminhonete, que seguia sentido Bolívia-Brasil, tentou ultrapassar um caminhão e bateu de frente com o carro brasileiro. 

Comentários:

Reginaldo messias: Acho q esses condutores bolivianos precisariam passar por um treinamento especifico pelo Detran, para poderem trafegar em território brasileiro, eles desconhecem as normas do nosso pais.

PUBLICIDADE