PUBLICIDADE

Dourados: homem acusado de matar mulher e filha pensou em queimar corpos

Campo Grande News em 28 de Novembro de 2018

Osvaldo Duarte/Dourados News

Assassino confesso foi transferido para presídio de Dourados

Marcos Fioravanti Neto, de 22 anos, preso na segunda-feira (26) depois de tentar assaltar uma idosa de 70 anos em Glória de Dourados, cidade a 265 quilômetros de Campo Grande, foi transferido para a Penitenciária de Dourados. Ele é acusado de matar a namorada, Maiana Barbosa de Oliveira, 20, e a filha do casal, Dandara, de um mês de vida.

No presídio, ele deve ser mantido em isolamento.  O processo penal sobre o assalto a idosa foi encaminhado para a comarca de Fátima do Sul. Já o duplo assassinato é investigado pela delegada Paula Ribeiro dos Santos, titular da Delegacia da Mulher de Dourados e a quem ele confessou o crime em depoimento na terça-feira (27).

O caso

Depois de matar a namorada e a filha, na noite de domingo (25) Marcos contou ter fugido de bicicleta para Vicentina, a 50 km do local do crime. Naquele município,  o rapaz furtou uma moto e chegou a Glória de Dourados, onde tentou assaltar a idosa para abastecer a moto e continuar a fuga, mas foi dominado por testemunhas e entregue à polícia. À delegada responsável pelo caso ele contou que primeiro asfixiou Maiana até ela desmaiar e depois a golpeou no pescoço.

O homem disse ter pensado em ficar com a filha, mas sabendo que seria preso e a criança ficaria sozinha, decidiu também matá-la a golpes de faca. O suspeito ainda confessou ter pensando em queimar os corpos.

PUBLICIDADE