PUBLICIDADE

Suspeito de matar mulher e a filha de um mês é de família conhecida de Dourados

Campo Grande News em 26 de Novembro de 2018

Reprodução

Maiana em foto quando estava grávida da filha, também assassinada

A polícia está à procura de Marcos Fioravanti Neto, principal suspeito de ter assassinado a golpes de faca a estudante de história Maiana Barbosa de Oliveira, 20, e a filha dela, Dandara, de um mês de vida. Os corpos foram encontrados nesta segunda-feira (26) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. 

O suspeito é de família tradicional em Dourados e neto de um dos primeiros tabeliães da cidade, Marcos Fioravanti, do Cartório do 2º Ofício. Uma fonte disse à reportagem que o rapaz sofre de distúrbios psiquiátricos.

Ele e Maiana tinham um relacionamento e Marcos seria o pai da menina encontrada morta ao lado da mãe. Entretanto, ainda não está claro se os dois moravam juntos. O caso é investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher, mas outras equipes da Polícia Civil participam das buscas ao suspeito.

Aluna do primeiro ano do curso de história da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Maiana praticava capoeira e tinha atuação em defesa das minorias e contra o racismo. Ela e a filha foram encontradas mortas no quarto de uma casa localizada na Rua Humaitá, entre Bela Vista e Cafelândia, no Jardim São Pedro, região sul da cidade.

Os peritos a Polícia Civil informaram que Maiana foi morta com uma facada no lado direito do pescoço. A criança também tinha uma perfuração no pescoço e lesão na cabeça. A faca usada no duplo assassinato foi encontrada na casa.

PUBLICIDADE